Peres e Rueda se unem para tentar vencer Modesto Roma- “Nos Bastidores do Santos FC”

Essa coluna foi escrita na madrugada de sexta para sábado. O motivo é uma reunião realizada pelas lideranças da Santástica União que definiu a junção com a Somos Todos Santos. Existe um impasse, mas tudo deve ser oficializado na segunda-feira. Confira os detalhes e a opinião dos envolvidos.

Casamento à vista

O namoro começou, esquentou e esfriou. Houve uma separação e um reencontro. Agora, tudo aponta que vai sair o tão sonhado casamento entre Santástica União, de Andres Rueda e José Renato Quaresma, e a Somos Todos Santos, de José Carlos Peres e Orlando Rollo. A coluna apurou que o enlace será oficialmente anunciado na segunda-feira, dia 13 de novembro.

Casamento à vista 2

Em reunião realizada na noite desta sexta, a Santástica União decidiu que vai se juntar com a Somos Todos Santos. Algumas integrantes até tentaram despistar, mas não obtiveram êxito.

Casamento à vista 3

A nova chapa ficaria com José Carlos Peres, presidente, Andres Rueda, vice. Orlando Rollo e José Renato Quaresma ficariam com vagas no Comitê de Gestão, caso a chapa seja eleita em 9 de dezembro.

Pequeno detalhe

Existe um impasse. De acordo com o que o Blog Santos Em Off apurou, a Santástica União aceita o acordo, mas quer manter o nome da SU na chapa. O outro grupo não gostou da ideia, pois a SU, nas últimas pesquisas, aparece em terceiro lugar, com a metade das intenções de voto de Modesto Roma e José Carlos Peres. Essa união pode não garantir a vitória, mas, com certeza, vai eleger representantes da SU para o Conselho Deliberativo, o que pelas últimas pesquisas indicava que não aconteceria.

Quaresma negou

José Renato Quaresma negou qualquer acordo com o grupo de Peres. Ele garantiu que a chapa da SU será Andres Rueda e ele. “Não tem mudança nenhuma, até porque eles nos procuraram para fazer a junção e queriam a presidência”, disse.

Vai bagunçar

A coluna conversou com um integrante da campanha de Modesto Roma Júnior sobre a união. Segundo ele, essa união vai implodir a chapa, pois são muitos grupos envolvidos, com desafetos e dissidentes do Peres que foram para a Santástica União e o mesmo com pessoas da SU que foram para o Peres. Ele revelou ainda que José Renato Quaresma estava conversando com a Santos Gigante visando uma união com o grupo de Roma.

Sabe de nada

O presidente dos Santistas do Interior Gean Marcelo procurou a coluna para lamentar que a SU e a Somos Todos Santos não iam se unir, como ele tinha sido  informado. “Eu sou totalmente favorável a uma junção dos dois grupos. O Santos sairia ganhando nisso. Se isso acontecesse tínhamos mais chances de ganhar as eleições, mas jogamos fora a oportunidade. Porém segue o jogo. Continuamos com a SU até, pelo menos, o dia 1 de dezembro”, afirmou Gean, que pelo jeito, não anda recebendo informações das lideranças.

Perguntar não ofende

Dissidentes da SU e que saíram atirando para todos os lados, a DNA Santista vai cair nos braços de Rueda e Quaresma novamente ou finalmente vai fazer campanha para Modesto Roma Júnior, ao lado de Adilson Durante Filho ?

Almoço de campanha

Uma pessoa muito bem informada revelou à Coluna que acontece neste sábado um almoço numa mansão da Cidade que terá entre os convidados autoridades de todas as esferas do Poder e também personalidades do futebol em apoio à candidatura de Modesto Roma. Será?

Avaliação

Patinando no quarto lugar nas pesquisas divulgadas recentemente, com índices abaixo de 10%, como será recebida a notícia da junção entre Santástica União e Somos Todos Santos, na coordenação de campanha de Nabil Khaznadar?

 

A conferir.

Três candidatos a presidente do Santos FC já estão definidos- Coluna “Nos Bastidores do Santos Futebol Clube”

Tem gente saindo e também chegando. As negociações avançam e três candidatos a presidente estão definindo. Confira as últimas informações sobre as eleições no Santos Futebol Clube.

Gigante rachando!

A Chapa Santos Gigante está rachando. Há um grupo de santistas, intitulado “Históricos” que não aceita mais a continuidade da relação de subserviência de Modesto Roma com Marcelo Teixeira. Preferem que ou Teixeira dispute a eleição ou que rache logo com Modesto. Se ela permanecer como está, esse grupo irá compor com o Somos Todos Santos, de José Carlos Peres.

Nomes fortes

Entre os nomes do racha existem muitos conselheiros efetivos e ex-diretores de Teixeira. O grupo estuda lançar um nome na disputa, caso não consiga compor com Peres. Entre os nomes sugeridos para disputar a Presidência estão o do ex-diretor jurídico Mario Mello Soares, do ex-presidente do clube, Miguel Assad, e até do atual presidente do Conselho, Fernando Bonavides. A composição com Peres só vinga se tiverem a vice-presidência. A conferir.

Pomba da Paz

A paz entre os grupos de Marcelo Teixeira e Modesto Roma pode ser selada com um nome de consenso para ser vice de Modesto nas próximas eleições. Seria o veterinário Eduardo Filetti, atual segundo ouvidor do clube, que tem sido sondado por alguns grupos. Quando indagado, Filetti sorri, mas desconversa.

Barletta em campanha

O ex-vereador Murilo Barletta, que muitos garantem que está fora do jogo eleitoral, anda pedindo apoio em locais onde existem sócios do Santos aptos a votar na próxima eleição. A Coluna soube que recentemente ele pediu ajuda num importante clube da Cidade e numa entidade que reúne profissionais liberais. Teria saído com dois sonoros “Não”.

Barbosa no jogo

Atolado em problemas e dívidas e navegando num mar de impopularidade, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa tem encontrado tempo para participar da próxima eleição no Peixe. Com muita influência dentro do DNA Santista, que tem alguns integrantes em cargos comissionados da Prefeitura de Santos, Barbosa quer a qualquer custo que um dos pré-candidatos nem entre na disputa. Barbosa teme que, caso essa pessoa seja eleita, ela pode fazer uma grande administração no Santos e despontar como candidato a prefeito da Cidade em 2020, criando assim um forte concorrente para quem for indicar para a disputa.

A hora da desunião

Os 18 grupos políticos que compõem a Santástica União estão se batendo e querendo uma definição dos candidatos a presidente e vice. Mais da metade deles quer saber pois, assim que definidos, deixaria o grupo. A Renove só aceitaria ficar se José Renato Quaresma for o presidente ou o vice. A DNA santista também só ficaria se Murilo Barletta for presidente ou vice e o Marketing e Comunicação ficar sob a tutela do grupo. A Santistas do Interior só ficaria se seu presidente Gean Marcelo for o administrador da Subsede do Santos na Capital.

Abandonou o barco

A advogada Luciana Martins quando soube que seu grupo, o Família 1912, apoiou oficialmente a Santástica União, desligou-se da função de diretora do departamento feminino. De acordo com ela, seu antigo grupo é “muito imaturo para engedrar na política do Santos”. Além disso, nos dois meses em que esteve lá, Luciana garante que o Família 1912 declarou apoio a, pelo menos, três lideranças e possíveis chapas.

Definição

Com a entrada na MSU, Luciana saiu. Ela diz que não participou de nenhuma conversa sobre o tema e que teme que surja nessa união um candidato com ligações com a administração “desastrosa” de Odílio Rodrigues. A advogada passa a apoiar a Somos Todos Santos, de José Carlos Peres e Orlando Rollo.

99,99999 %

A Coluna soube que a chapa da Santástica União será composta por José Renato Quaresma e Andres Rueda. Não houve acordo e o grupo de São Paulo, coordenado por Nabil Khaznadar e Walter Schalka. Eles terão que procurar abrigo em outro quintal ou lançar seus próprios nomes. Schalka teria pedido a cabeça da chapa pra ele. O pedido foi rechaçado. Com Quaresma e Rueda, a MSU lança uma chapa mista, com um candidato de Santos, Quaresma, e um de São Paulo, Rueda.

Ôrra meu!

Pelo andar da carruagem, o grupo de São Paulo terá que fazer uma chapa paulistana e pode vir junto com Fernando Silva. O grupo conta com a participação de Nabil Kaznadar, Paulo Schiff, Pedro Nunes Conceição, Caio Di Stefano, Luciano Moita, Jose Berenger e outros que foram impedidos de participar da Santástica União.

Vai sair?

Integrantes importantes da DNA Santista, associação idealizada por Adilson Durante Filho (diretor de futebol do Santos de 2008 a 2009), têm ligado pra jornalistas e sócios do Santos afirmando que ele deixará a Santástica União. O motivo seria José Renato Quaresma.

Mais vazio?

O evento da Santos de Todos Nós, de José Carlos Peres, recebeu uma avaliação inusitada de um dos mais experientes conselheiros do Santos. “Tinha menos gente que em clássico na Vila Belmiro”.

Depende

Em contato com este blogueiro, o jornalista Armando Gomes, apresentador do Programa Esporte por Esporte e Conselheiro Efetivo do Santos FC, confirmou que realmente alguns conselheiros o estão pressionando para sair candidato. Mas que se considera um péssimo candidato a presidente. Porém, afirma que caso um pré-candidato, que se intitula na internet que sabe tudo do Peixe, entrar na disputa, ele fará questão de participar apenas pra mostrar algumas verdades do Santos FC pra quem pouco conhece dele.

A conferir.

 

Saiba quem é o ídolo santista que vai coordenar a campanha de Modesto Roma- Coluna “Nos Bastidores do Santos FC”

Não vai!

Mais uma vez começa a circular a informação que Marcelo Teixeira será candidato a presidente do Santos. Teixeira garante que não existe a mínima possibilidade de isso acontecer. Ele tem outro projetos para o futuro e não pretende voltar à cadeira de cartola do Peixe.

Guerreiro do Modesto

Apesar de andar evitando o assunto “eleições”, o presidente Modesto Roma já definiu o coordenador da sua campanha à reeleição. Trata-se do ex-lateral Léo, o Guerreiro da Vila, ídolo do Alvinegro, onde atuou 455 partidas e ganhou vários títulos.

De olho

Léo não esconde de ninguém que pretende ser presidente do Santos, que vem se preparando para isso e tudo indica que nas eleições de 2020 sairá candidato e, quem sabe, com o apoio de Modesto Roma.

Quanta União!

Pelo menos três chapas terão a palavra “União” no nome nas próximas eleições de dezembro no Santos Futebol Clube. União Alvinegra, de Modesto Roma, União Santista (USA), de Orlando Rollo, com grupos de oposição, e a Santástica União, de Andres Rueda, também de oposição.

Final do mês

O Santástica União, de Rueda, deve ser lançado no final deste mês e depois serão escolhidos seus cabeças de chapa.

Pedidos

No União Santista, o objetivo é aglutinar grupos e lançar uma única candidatura de oposição. Orlando Rollo estaria sendo pressionado a sair candidato a presidente. Uma composição com José Carlos Peres não está descartada.

Chapa do Schalka

O “pessoal de São Paulo” ainda não colocou a cabeça para fora da janela. Até o momento, existem poucas informações sobre a chapa que terá apoio do ex-candidato Nabil Khaznadar. Existe o nome do empresário Walter Schalka, mas, até o momento, a coluna não conseguiu nenhum contato com os integrantes de mais este grupo oposicionista. Não duvide de uma futura composição com uma das chapas que estão no páreo.

Mal-estar

A diretoria santista já tinha tudo programado para fazer uma grande festa no dia do jogo com o Fluminense, no Pacaembu, dia 13 deste mês, Dia dos Pais, às 16 horas, mas a Rede Globo de Televisão, detentora dos direitos de transmissão do Brasileiro, pediu e a CBF transferiu a partida para a segunda-feira, dia 14, à noite. Azedou ainda mais o clima entre o clube e a Globo. A conferir.