Oposição mira Modesto Roma e acerta o Santos FC

A reunião do Conselho Deliberativo na noite de quinta-feira, dia 30 de novembro, reprovou o orçamento para o clube em 2018. Em tese, foi uma derrota do atual presidente Modesto Roma Júnior, em plena campanha para reeleição. Por trás disso, existe, sim, uma disputa eleitoral acirrada faltando poucos dias para o pleito do dia 9 de dezembro.

Caro e atento leitor, a reprovação do orçamento de 2018 foi uma derrota da entidade Santos Futebol Clube, que foi batido em função de interesses meramente eleitorais com o objetivo de enfraquecer a candidatura de Roma, que lidera pesquisas sérias, não enquetes realizadas no Facebook.

O que quer dizer essa reprovação? Ela, caro leitor, informa que o Santos FC terá menos dinheiro para investir em futebol no ano que vem para as disputas do Paulista, Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores.

O maior valor que seria destinado ao investimento no futebol e que foi barrado pelo Conselho serve de sinal de alerta para os torcedores santistas acostumados a comemorar títulos. O ano de 2018 será de mais dificuldades e menos contratações no clube. Um detalhe interessante é que a vontade de sangrar e abalar a candidatura de Roma é tão irracional que se a oposição vencer a eleição ficará com essa bomba no colo.

O Peixe é o clube que menos investe no futebol em comparação a Corinthians, Palmeiras e São Paulo. Palmeiras e São Paulo colocam perto de R$ 270 a 400 milhões por ano. O Santos põe R$ 150 milhões, ou seja, a metade, mas, em 2017 como já ocorreu em 2016, disputa  a ponta da tabela com resultados relevantes dentro de campo com seus rivais, sendo até mesmo superior a eles como no caso da libertadores; a vice-liderança no Brasileiro e uma vaga na Libertadores, na fase de grupos pelo segundo ano consecutivo.

Agora, o Alvinegro teria mais dinheiro em 2018 por quê? Porque houve pagamentos de dívidas bancárias e de juros em 2017 e  parte do dinheiro usado para isso é dinheiro que sobrará para o clube.

Tudo aponta que o Conselho Deliberativo não conseguiu fazer uma avaliação técnica do orçamento, mas teve uma abordagem politico-eleitoral.

O Conselho confundiu orçamento, que conforme o estatuto do clube, é apenas uma previsão de receitas e despesas para o ano que vem, com fluxo de caixa, que é a origem das receitas para pagar dívidas (passivo), que não faz parte do orçamento.

Onde o clube vai arrumar dinheiro para pagar a parcela do acordo com a Doyen?; como pagar a parcela do Profut? Como quitar processos judiciais? São respostas que somente o fluxo de caixa demonstraria.

Bom, a pergunta que não pode deixar de ser feita: O próprio Conselho Deliberativo do Santos  apequenou o clube?

Posicionamento da situação e da oposição sobre a reprovação do orçamento:

“Todo orçamento de uma empresa serve de farol, um norte, orientação para o gestor. Na reunião de quinta-feira, estavam presentes os candidatos Rueda, Quaresma e Peres. Nenhum deles pediu a palavra para falar do orçamento e dizer o que achavam de ter mais dinheiro para investir no futebol, caso sejam eleitos. Isso é no mínimo estranho uma vez que poderiam até se posicionar contrários (como seus votos mostraram) porem se omitiram de dizer o porque tomaram essa posição sem mais nenhuma explicação.
Alguém tem dúvida que foi a tática do quanto pior melhor?” disse um conselheiro situacionista.

“A votação foi algo bizarro. Quem é a favor do orçamento, permaneça como está”. Presidente do Conselho: “aprovado por ampla maioria”.

Gritaria no plenário.

Presidente do conselho insiste: “aprovado por ampla maioria, vamos ao próximo item da pauta”.

Gritaria. Revolta no plenário. “Vergonha”…”palhaçada”.

Presidente do conselho: “ok ok, vamos fazer a votação nominal”.

Resultado: 76x 69 pela reprovação.

Rolo compressor no conselho NÃO!” contrapõe um oposicionista.

A conferir.

Bonavides confirma data de eleição e acredita em apenas três chapas- “Nos Bastidores do Santos FC”

Confirmou

O presidente do Conselho Deliberativo do Santos, Fernando Galotti Bonavides, confirmou que as eleições no clube acontecem no dia 9 de dezembro em dois locais: Vila Belmiro e sede da Federação Paulista de Futebol. Ele garantiu que não haverá votação na subsede da Capital, pois não existe espaço suficiente no local.

Quase 28 mil sócios

Bonavides informou que o Peixe tem hoje 27.928 sócios, mas apenas 9.324 aptos a votar. “Não é um número final, pois oscila muito muito. Você tem 300 a 500 pessoas que pagam seus débitos, mas existe um outro tanto que deixa de pagar. Creio que podemos ter uns 8 mil aptos no dia da eleição”.

No papel

O presidente do Conselho disse que a votação será em cédula de papel e que a utilização de urna eletrônica foi totalmente rechaçada por ele e pela mesa diretora do Conselho. O motivo, segundo ele, é a segurança do processo. Bonavides só acha possível uma eleição com urna eletrônica daqui a uns dez anos.

Domicílio eleitoral

Bonavides esclareceu que o sócio pode pedir a mudança do domicílio eleitoral e que isso é estatutário. O interessado precisa dar entrada com um requerimento no clube.

Mudança de ares

Ele lembrou que o clube e o ambiente político estão mais maduros. “Na eleição anterior, a situação era complicada em termos financeiros, os ânimos acirrados e muita preocupação das correntes politicas com o clube. Este ano, vejo mais tranquilidade, pois o cenário é bem positivo. Dá para apresentar de uma maneira mais positiva a plataforma de cada chapa e as propostas. O ambiente não me parece de “uns contra outros ou eles contra nós”.

Três chapas

Ele não vê mais do que três chapas concorrentes na próxima eleição. Bonavides não crê que existam mais correntes aptas a entrar na briga e não vê um ambiente hostil entre os concorrentes. Ele aposta que todos que estão na disputa têm conhecimento profundo sobre o Santos FC.

Quem pode ser candidato?

Para ser candidato é necessário ter cinco anos de filiação ao clube. Para Bonavides, é preciso conhecimento e vivenciar o clube

Decisão no prato

Na última semana aconteceu o almoço da paz entre Modesto Roma Júnior e Marcelo Teixeira. Ambos vão caminhar juntos até o dia 9 de dezembro. Nada de novidade, já que Teixeira quem inventou Modesto candidato em 2014. O anúncio desse elo, porém, não será já!

À espera

A tática de Teixeira é conhecida. Enrolar até o último minuto e aparecer como peça decisiva do pleito em favor de Roma. Foi assim desde sua eleição em 1999. Sempre se posicionando na última hora. Em 2009, a tática falhou e Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro e Odílio Rodrigues o desbancaram da Vila. Apesar desse percalço, a tática de Teixeira está em andamento.

Perdidos

Com o acerto entre Marcelo Teixeira e Modesto Roma Júnior, como fica o grupo DNA Santista, que pediu a candidatura de Teixeira em live na última segunda-feira (18)? Vai pedir para voltar à Santastica União ou terá “gente” pra montar uma chapa?

Lotou

O lançamento da Chapa Somos Todos Santos, com José Carlos Peres presidente e Orlando Rollo vice, no Museu do Futebol, foi um sucesso de público. Muita gente mostrando que Peres, ao contrário do que imagina, está bem vivo.

Peres me superou

Quem roubou a cena no evento foi Orlando Rollo. Prometeu solucionar a segurança do voto a distância para o pleito de 2020, e disse que em 2014 era sim o candidato melhor preparado: “Agora, em 2017 fui atropelado pelo Peres. Ele melhorou muito. Eu era melhor em 2014. Agora é ele sem dúvida”, disse no evento.

Paz & Amor

Peres devolveu o afago dizendo que seu vice não arruma mais confusão. “Ele é o Orlandinho Paz e Amor”, em deferência ao apelido carinhoso do ex-presidente Lula em seu tempo no poder.

Na estica

O terno e gravata de Rollo no evento foi observado por um atento personagem da política santista que intitulou o manequim  como “New Engomadinho”.

Novo site?

Um empresário de São Paulo chamado Paulo, que se diz conselheiro do Santos FC, está sondando jornalistas santistas para atuarem em um portal sobre o clube que será lançado neste mês.  Bom repórter desempregado está cheio.

Novo apoio

A Resgate Santista acertou seu apoio à Santástica União, de Rueda e Quaresma. Esse é 18o grupo que engrossa a coligação que pretende vencer as próximas eleições. 

Festança

A Santástica União, chapa de Andres Rueda (presidente) e José Renato Quaresma (vice), dois ex-gestores da Gestão Modesto Roma Júnior, abriu seu comitê na última quarta-feira (20). O evento começou horas antes da derrota para o Barcelona do Equador na Vila e seguiu até horas pós-jogo. Foram distribuídas mais de 250 camisas.

Gastando

A inauguração mostrou a força do Movimento Santástica União. Uma casa de dois andares no Canal 1, com letreiros modernos e muitos recursos investidos dentro.

Frente Santos 2.1

Nabil Khaznadar confirmou para a coluna que o grupo da Capital vai lançar uma candidatura própria para as próximas eleições. Não revelou quem serão os cabeças da chapa, mas garantiu que serão pessoas comprometidas com os 12 princípios que norteiam o grupo e que estão no site: www.santos21.com.br.

Dia 28

Na próxima quinta-feira, acontece reunião do Conselheiro Deliberativo do Santos FC, às 20 horas. Será apresentado pelo Conselho Fiscal o Relatório Contábil Administrativo, ou seja as contas do clube, referentes ao segundo trimestre de 2017.

A conferir.

 

 

Clube explica o atraso na chegada do boleto para os sócios- Coluna- “Nos Bastidores do Santos FC”

Nesta coluna vamos falar sobre quem vai comandar o processo eleitoral no Santos Futebol Clube e também abordar a questão dos boletos para pagamento das mensalidades.
 
Na Mesa
O presidente do Conselho Deliberativo do Santos FC, Fernando Gallotti Bonavides, chamou a responsabilidade para si e vai comandar o próximo processo eleitoral do  Peixe. As eleições serão coordenadas pela Mesa do Conselho.
 
Mais quatro
Além de Bonavides, a Mesa é composta pelo 1º vice-presidente Cassio Frederick Gonçalves Richter; o 2º vice-presidente Luiz Simões Polaco Filho; 1º secretário Silvio José de Abreu e o 2º secretário Daniel Pereira Alves.
Na rede
Circularam pelas mídias sociais nos últimos dias, denúncias de torcedores santistas apontando que os boletos dos sócios-torcedores não estavam chegando nas casas para pagamento, deixando-os, assim, inadimplentes e sem condições de votar nas próximas eleições.
Nota oficial
O Blog Santos Em Off questionou a diretoria do Santos e o clube emitiu, nesta quinta-feira, uma nota oficial para explicar o que está acontecendo. Vamos ao que a coluna apurou: que os boletos já estão chegando à casa de alguns associados.
 
Lotes
Os boletos estão sendo enviados em lotes e, inclusive, alguns sócios já pagaram. Quem não receber nos próximos dias deve entrar em contato com o clube para atualizar seu CEP, grafia do nome da rua ou mesmo o número da casa, pois aí pode estar a resposta do atraso.
Portal
A opção para impressão do boleto no Portal Sócio-Rei está ativa e funcionando, ou seja, mais uma alternativa para pagar a mensalidade. Além disso, o clube garante que está enviando os boletos para os endereços cadastrados e também por e-mail.
 
Dúvidas
Quem ainda tiver dúvidas pode tirá-las na página do clube no Facebook – https://www.facebook.com/santosfc/; na secretaria social, nas subsedes ou por telefone. Ainda na na página do Sócio-Rei tem chat on-line direto
https://www.facebook.com/socioreioficial/?hc_ref=NEWSFEED
Não gostou
O provável candidato a presidente do Santos FC, Orlando Rollo, não gostou da divulgação da reunião que teve na cantina Baboo Américo, na noite de terça-feira. Entre massas e água gelada, estava sendo discutida a possibilidade de um apoio à reeleição de Modesto Roma. Rollo garante que nunca discutiu isso neste jantar.
Por outro lado
A Coluna apurou que Orlando Rollo já esteve reunido com o também pré-candidato José Carlos Peres visando uma composição, mas não houve acordo entre os dois. A conferir.