Essa terça-feira, 23 de janeiro,às 11 horas, será de manifestação para os servidores municipais de Cubatão, no Paço Municipal. Com o tema “Ademário Caloteiro, Pague Meu Dinheiro “, os trabalhadores exigem o pagamento das férias atrasadas (referente a 2017 e a última parcela de 2016).

Com mais de um ano de atraso, o  Governo Tucano, que no último ano fez a maior retirada de direitos da história da Cidade, tem deixado os funcionários públicos em uma difícil situação financeira. Os acordos feitos no fim da greve (em maio de 2017) ainda não foram cumpridos.

Além disso, novos decretos prejudicam a jornada dos professores, que passam a receber menos, e aumentam o número de alunos em sala de aula, superlotando as salas de aula e rebaixando a qualidade do ensino público. Até hoje as aulas não têm data certa para começar e os professores ainda não fizeram a escolha de seus locais de trabalho. Professores e sindicato afirmam que nao irão começar as aulas enquanto a prefeitura não pagar os atrasados.

No ano passado, o movimento dos servidores chegou a colocar 2.000 pessoas na rua, em uma greve que durou mais de 30 dias.

Em 2017, primeiro ano de Ademário no governo, os servidores ouviram que era necessário “coragem para mudar e fazer diferente”. Mas como falar e fazer são bem diferentes, a história se repetiu e mais uma vez os servidores ficaram sem receber suas férias.

A conferir.