Não vai!

Mais uma vez começa a circular a informação que Marcelo Teixeira será candidato a presidente do Santos. Teixeira garante que não existe a mínima possibilidade de isso acontecer. Ele tem outro projetos para o futuro e não pretende voltar à cadeira de cartola do Peixe.

Guerreiro do Modesto

Apesar de andar evitando o assunto “eleições”, o presidente Modesto Roma já definiu o coordenador da sua campanha à reeleição. Trata-se do ex-lateral Léo, o Guerreiro da Vila, ídolo do Alvinegro, onde atuou 455 partidas e ganhou vários títulos.

De olho

Léo não esconde de ninguém que pretende ser presidente do Santos, que vem se preparando para isso e tudo indica que nas eleições de 2020 sairá candidato e, quem sabe, com o apoio de Modesto Roma.

Quanta União!

Pelo menos três chapas terão a palavra “União” no nome nas próximas eleições de dezembro no Santos Futebol Clube. União Alvinegra, de Modesto Roma, União Santista (USA), de Orlando Rollo, com grupos de oposição, e a Santástica União, de Andres Rueda, também de oposição.

Final do mês

O Santástica União, de Rueda, deve ser lançado no final deste mês e depois serão escolhidos seus cabeças de chapa.

Pedidos

No União Santista, o objetivo é aglutinar grupos e lançar uma única candidatura de oposição. Orlando Rollo estaria sendo pressionado a sair candidato a presidente. Uma composição com José Carlos Peres não está descartada.

Chapa do Schalka

O “pessoal de São Paulo” ainda não colocou a cabeça para fora da janela. Até o momento, existem poucas informações sobre a chapa que terá apoio do ex-candidato Nabil Khaznadar. Existe o nome do empresário Walter Schalka, mas, até o momento, a coluna não conseguiu nenhum contato com os integrantes de mais este grupo oposicionista. Não duvide de uma futura composição com uma das chapas que estão no páreo.

Mal-estar

A diretoria santista já tinha tudo programado para fazer uma grande festa no dia do jogo com o Fluminense, no Pacaembu, dia 13 deste mês, Dia dos Pais, às 16 horas, mas a Rede Globo de Televisão, detentora dos direitos de transmissão do Brasileiro, pediu e a CBF transferiu a partida para a segunda-feira, dia 14, à noite. Azedou ainda mais o clima entre o clube e a Globo. A conferir.