Passados mais de cinco meses, a família de Matheus da Silva Nascimento começou a ver a possibilidade de punição no atropelamento e morte do estudante provocado pelo goleiro Raphael Aflalo Lopes Martins, no dia 9 de abril deste ano, na Avenida Epitácio Pessoa, no bairro da Aparecida, em Santos.

O advogado Airton Sinto, que representa a família de Matheus, conseguiu na Justiça que todos os meses sejam descontados R$ 480,00 do salário de Raphael Aflalo, que atualmente defende o o gol do Clube Desportivo das Aves, de Portugal. O valor parece pequeno, mas é importante dentro do orçamento da família da vítima que é pobre.

O Blog Santos Em Off apurou que o primeiro advogado que defendia a família da vítima entrou na Justiça com uma ação de indenização e reparação de dano moral e material. Com a chegada do novo advogado, o valor da indenização foi duplicado, já que Aiton Sinto entende que o homicídio foi doloso, não culposo (sem intenção).

A Justiça concedeu a pensão à família, antes do julgamento do valor total a ser pago. A família de Raphael Aflalo recorreu por meio de um agravo de instrumento, pedindo o efeito suspensivo, mas ele foi indeferido.

Com a decisão, Airton Sinto pediu a execução e solicitou ao juiz que intime o clube de Portugal a descontar o valor e repassar à família do jovem morto.

Quanto ao processo criminal, ele já está em fase final.

 

 

Atropelamento e morte

Matheus estudava e ajudava o padrasto Charles Nascimento da Silva num carrinho de bebidas na praia. De acordo informações da Polícia, Matheus e Charles Nascimento da Silva, padastro dele, atravessaram a avenida quando foram surpreendidos por uma carro BMW 318 IA, placas BIA 0215, cor prata, de Santos.

Com o impacto, o estudante foi arremessado a alguns metros. Ele foi levado ao hospital, mas sofreu uma parada cardiorrespiratória e faleceu.

A BMW ainda atingiu um veículo que estava estacionado na avenida.

Raphael estava com sua CNH vencida,tentou fugir, mas foi impedido por pessoas que estavam no local.  O caso foi registrado como homicídio culposo (sem intenção) na direção de veículo automotor.

Em julho deste ano, o goleiro com passagens pelo Corinthians e Santos B saiu do Brasil e assinou contrato com o clube português.

A conferir.