Sabe aquela agenda jurídica bonita que é entregue gratuitamente todos os anos pela diretoria da OAB/Santos que , em 2016, ainda na administração Rodrigo Julião, tinha quatro opções diferentes de capa? Caro leitor, a fonte secou, ou seja, sem dinheiro, a diretoria atual resolveu não fazer a compra do produto este ano.

A OAB/Santos divulgou na noite desta quinta-feira um comunicado oficial sobre o tema , em função da grande procura pelas agendas.A Cidades possui mais de sete mil advogados e com as finanças em baixa e o custo de cada agenda, a atual diretoria considerou que não poderia assumir esta despesa.

A entidade alega que mesmo com as gestões da Comissão Interventora para cortar gastos, o presidente Luiz Fernando Rodrigues assumiu o cargo com o “caixa baixo”, em função disso não foram realizados a cerimônia de posse da diretoria, em março de 2016, e Baile do Advogado, em agosto. 

Para tentar alcançar o reequilíbrio financeiro, a direção garante que vem fazendo processos de cotação de preços; evitando novas despesas com publicidade e eventos com o objetivo de conseguir dinheiro para investir em novos serviços e para os advogados.