Como divulgado aqui e negado pelos envolvidos, a DNA Santista rachou mesmo e abandonou a Santástica União. O grupo de São Paulo articula uma candidatura própria. Confira na Coluna “Nos Bastidores do Santos FC”.

Afundou

O grupo de oposição DNA Santista xingou este blogueiro de mentiroso, vendido entre outras coisas, depois que houve a publicação de um racha na Santástica União, em razão da manutenção de José Renato Quaresma na cabeça de chapa, para presidente. Bom, a verdade veio à tona poucos dias depois. Nesta quinta-feira, dia 14, a DNA divulgou uma nota oficial afirmando que deixa a coligação MSU. Além de cargos numa futura gestão, a DNA queria Murilo Barletta candidato a presidente e Rueda, vice.

 

Quaresma e Rueda fortes

Os candidatos José Renato Quaresma e Andres Rueda garantem que estão firmes e fortes para a eleição. Na noite desta sexta, Rueda e Quaresma foram confirmados os candidatos da chapa de oposição. Rueda será o cabeça da chapa e Quaresma, vice. A definição foi feita com a participação dos 17 grupos que apoiam a Santástica União.

Tchau do Schalka

Nabil Kaznadar e Celso Jatene estavam trabalhando intensamente desde novembro de 2016, na pré-candidatura de Walter Schalka, que, por motivos pessoais, desistiu da corrida para a presidência do Santos. O fim de uma provável coligação com a Santástica União foi publicado aqui na última coluna.

Tchau do Schalka 2

Até o fim de semana, o grupo da Capital decide o que vai fazer nas próximas eleições no Peixe. A maior possibilidade é lançar uma candidatura própria, pois, de acordo com Nabil Khaznadar, eles têm 12 princípios para a administração do clube e não abrem mãos deles. Nabil lamentou a saída de Schalka. Ele crê que o empresário poderia colocar em prática todas as ideias do grupo.

Terceira e Quarta Vias

Como Celso Jatene não quer a cabeça da candidatura, duas opções são discutidas entre os membros do grupo. O próprio Nabil Kaznadar, que disputou 2014 e ficou em último lugar e que recusa a princípio, e o jornalista Paulo Schiff, ex –presidente do Conselho do Clube e candidato derrotado nos pleitos de 2005 e 2007.

Procurou o Blog

O presidente da Convergência Santista, Alexandre Cruz, que apoia a reeleição de Modesto Roma, palpitou sobre o fim da união do grupo de São Paulo com a Santástica União: “Como eu disse recentemente, qualquer coligação com gente que pertenceu à administração anterior ao Modesto Roma seria maligna para o Santos. Como pode dar certo a união de BWA, Teisa e empresários de jogadores num mesmo grupo?”, disse Cruz.

Gigante adormecido

A inércia da Chapa Santos Gigante está incomodando conselheiros importantes que apoiam Modesto Roma Júnior. Querem saber quando ele vai, de fato, entrar na campanha?

Veraneio lenta

Segundo opositores, a veraneio de Roma está com o freio de mão puxado devido à falta de apoiadores.

Medo da Vascaína

Em contato com a coluna, o conselheiro Marcio Rosas, um dos maiores defensores de Modesto na Internet, diz que esse boato da oposição é porque eles estão acostumados a pegar carona em Veraneio Vascaína (apelido usado pra viaturas da Polícia no passado). “Não faltam apoios ao presidente Modesto Roma. A campanha vai pra rua no momento certo! Há um clube a se gerir e é preciso ter responsabilidade. A gestão 2014-2017 só acaba em 31 de dezembro”.

À disposição do Santos FC

Ex-presidente do Santos, Miguel Assad, em contato com o Blog pelas redes sociais, diz que está a disposição do clube e, se for vontade de um grupo de alvinegros, participa do pleito como candidato. Há pessoas do grupo de Modesto Roma, próximas de Marcelo Teixeira, que olham com bons olhos essa ideia.

Dossiê preservado

No Bar do Alemão, o comentário que circula é que o conselheiro efetivo Celso Sampaio Lopes, guardou bem guardado um dossiê sobre Miguel Assad que foi decisivo pra sua saída do clube.

Vão negar?

O grupo intitulado Santistas do Interior anda incomodado com as atitudes recentes dos Corneteiros Santistas. O Blog apurou que os Santistas do Interior querem saber se os Corneteiros Santistas são situação ou oposição.

Incomodados

No clássico contra o Corinthians, na Vila Belmiro, integrantes da Corneteiros teriam saboreado um delicioso churrasco e assistido ao jogo confortavelmente nas cadeiras cativas. Isso teria irritado os Santistas do Interior. Apesar disso, os Santistas do Interior ainda mantém o apoio à chapa Quaresma-Rueda. A coluna apurou que as dúvidas não procedem, já que vários Corneteiros possuem cadeiras cativas e o churrasco foi organizado por Luiz Guida, que recolheu R$ 45,00 de cada um.

Na frente

O grupo “Somos Todos Santos- União Santista”, de Peres e Rollo, já está na frente nas eleições para presidente do clube. Com a entrada do “Família Santista Feminina” passou a ter 19 grupos coligados, ou seja, superando a Santástica União que possui 18, ou melhor, 17 com a saída da DNA.

Quer mais

Orlando Rollo, candidato a vice, garante que o número vai subir e que vem mantendo contatos para atrai descontentes e dissidentes de outras correntes políticas.

Programete de segunda

Capitaneado por dois clones de jornalistas, um programete bancado pela DNA Santista usa as redes sociais para atacar ídolos que jogaram pelo Santos, quem não reza por sua cartilha ou não está na folha de pagamento do grupo. Em vez de contradizer, apelam para a baixaria e medem todo mundo por suas réguas. A vontade de pegar uma boquinha no clube é tão grande que beira o ridículo o que vomitam na caras de quem de dispõe a assistir aquilo. Falam tanto de esmolas que devem recebê-las ao fim daquele manancial de bobagens.

 

A conferir.