A desembargadora Diva Malerbi, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, decidiu neste sábado pela manutenção da liminar que proíbe a exportação de animais vivos em todo o território nacional. Os 27,8 mil bois deverão agora ser desembarcados do navio e levados às suas fazendas, onde crescerão e terão um abate digno, como determina a legislação brasileira, em vez de enviados à Turquia para serem mortos.

Neste sábado pela manhã, ativistas fizeram uma manifestação na porta do Ecoporto.

Houve também intenso movimento no Tribunal de Justiça, na Capital. Advogados da Minerva Foods e ligados aos ativistas e movimentos de proteção animal estiveram com a desembargadora Diva Malerbi, que estava de plantão.

Ela recebeu informações de todas as partes e decidiu nesta tarde manter a liminar e obrigar a retirada dos bois do navio Nada. A conferir.