Estreia da nova coluna do Blog Santos em OFF: Política em ON, os Bastidores do Poder na Baixada Santista, das nove cidades, contadas aqui. Nosso e-mail é politicaemon@gmail.com. Confira e compartilhe o link.

Serviço do Dória
O Governo João Dória tem feito muito pela Baixada Santista. Um desses serviços é acabar com a Região Metropolitana. Não se tem notícia de nenhuma atividade do Conselho de Desenvolvimento Metropolitano, presidido pelo prefeito de Peruíbe Luiz Maurício (PSDB), nem da AGEM, que ninguém sequer tem conhecimento de quem preside nem do que anda fazendo lá na Cadeia Velha. A diretora-executiva é Raquel Auxiliadora Chini (foto), indicação de Alberto Mourão de quem foi secretária. Garanto que se perguntarem para 10 moradores da região quem é a diretora da Agem, 10 não saberão dizer! Triste fim do sonho da integração regional.

moura

Fim do tucanato na Baixada
Após eleger sete prefeitos em 2016, o PSDB deve perder prefeituras na disputa eleitoral de 2020. As melhores chances do partido se manter no poder estão em Itanhaém, Peruíbe e Cubatão.

Em baixa
Em Bertioga, muitos pré-candidatos se acotovelam para disputar a prefeitura da mais nova cidade da Região. O prefeito Caio Arias Matheus (PSDB) pode disputar a reeleição, mas está em baixa com a população, pois prometeu muito, mas muito mais que entregou. Cresce as chances de Kaled Malat (Democratas Cristãos) vencer o pleito como azarão.

Barrado no baile
Com três contas reprovadas (2013, 2014 e 2015), o ex-prefeito José Mauro Dedemo Orlandini (foto), que já dirigiu a Cidade por três vezes (1993 a 1996, 2009 a 2012 e 2013 a 216), está fora da disputa. É a famosa ficha-suja.

orla

Não sou!
O atual secretário do Meio Ambiente de Guarujá, Sidney Aranha (PT), garante que não será candidato a vereador este ano. Vai ficar na secretaria até dezembro. A conferir.

Aluno exemplar
Aposta de Marcio França que deu certo em Guarujá e está se formando com louvor. O prefeito Valter Suman (foto), que é médico, tem se mostrado um político de marca maior. Assim como Márcio França fez por um período em São Vicente, Suman( PSB) está juntando todas as forças políticas de Guarujá ao seu redor. Até o PSDB, de Sandro Masteralli, ele conseguiu. Fora a turma do ex-deputado federal Marcelo Squassoni (Republicanos), o MDB de Toddy e Nelsinho Filho, o PL de Mário Lúcio, o PT de Sidney Aranha e Edilson Dias, até o PSD de Toninho Salgado.

sumam

Quebrado
O ex-prefeito Farid Madi e sua esposa e ex-deputada Haifa Madi dificilmente entrarão na disputa por não terem recursos para bancar a brincadeira da eleição.

Herdeiro
Quem deve ser o candidato da oposição é o ex-procurador dos tempos de Maria Antonietta de Brito, André Guerato (foto). Afilhado do ator pornô e deputado federal Alexandre Frota, Guerato tem o apoio do Diretório Estadual do PSDB para tirar Sandro Mastelari da presidência local. A briga já começou e Sandro está com o partido por decisão judicial. Caso não consiga, irá migrar para o Cidadania, presidido pelos Madi.

guerrato

Mar calmo não faz bom navegante
Após apanhar muito no começo do seu governo, o prefeito de Cubatão, Ademário da Silva Oliveira (PSDB) estaria sentindo o apoio da população voltar aos poucos. Vereador mais votado da história, Ademário tem tom conciliador e estaria conseguindo com paciência juntar as forças cubatenses.

Por fora
Quem corre por fora é Toninho Vieira, hoje no PSDB do prefeito, mas que migrará para o PP, com as bênçãos do deputado estadual, Professor Kenny (PP), que promete se empenhar em auxiliar Vieira a destronar Ademário. Será uma missão impossível?

O retorno dos Ventríloquos?
Em Praia Grande, é quase certa a eleição do terceiro ventríloquo. Afinal, o prefeito Alberto Mourão (PSDB) não pode disputar a reeleição após cinco gestões (1993-1996, 2001 a 2004, 2205 a 2008, 2013 a 2016 e 2017 a 2020). Depois de Ricardo Yamautti, em 1997, e o já falecido Roberto Francisco, em 2009, o novo ventríloquo de Mourão deve ser sua vice Maria Lygia (-foto- PSDB) e não seu genro e ex-deputado estadual Cássio Navarro, atual subsecretário de Assuntos Metropolitanos do Governo de São Paulo. Se eleita será a primeira prefeita de Praia Grande.

ventri

Mais mulheres
Teremos outra mulher na disputa: a vereadora Janaina Ballaris, hoje no PT, mas candidata no PL, em articulação do secretário de Turismo de Santos e coordenador regional da legenda, Odair Gonzalez. Ela estará no Ponto de Vista de Edgar Boturão na Santa Cecília TV nesta segunda (10).

Azarões
Ex-segurança de Mourão, ex-vereador e candidato derrotado em 2016 pelo PSDB, Carlos Karam (Podemos) corre como azarão. Ao seu lado o também ex-vereador e ex-vice-prefeito por duas vezes, Alexandre Cunha (Republicanos) sem chance alguma de se eleger, por hora. Porque já dizia a Banda Metrô: “No balanço das horas tudo pode mudar”.

Casa Branca perdendo força
Prefeito eleito na disputa que não valeu em 2018 em Mongaguá (devido à prisão do Prefeito Professor Arthur Parada Prócida e do afastamento do vice Márcio Cabeça que voltou com decisão Judicial), o vereador Rodrigo Casa Branca (PSDB) tem perdido força para a “máquina da prefeitura”, que tem atropelado tudo.

Pode voltar
Prefeito reeleito em 2012 e cassado pelo uso de um outdoor irregular na campanha, Paulo Wiazowisk Filho (foto), coordenador regional do PSD, pode voltar à disputa. Convites não faltam e articulações acontecem em Mongaguá. Por hora, Wiazowisk foi reeleito para mais um mandato de presidente do Plano de Saúde da Santa Casa de Santos.

wiazo

Mais ou menos
Quem anda mais ou menos é o prefeito de Peruíbe, Luiz Maurício (PSDB). Tem apanhado muito nas redes sociais, mas tem bons índices de aprovação. Ele vai precisar fazer composições políticas já que venceu em 2016 só por 300 votos e seu adversário principal naquele ano, Emer, do Democratas Cristão, será candidato com apoio de Jair Bolsonaro, já que tem ligações com a família do presidente no Vale do Ribeira.

Abandonado
Emer (foto) tem dito que o Governo do Estado abandonou Peruíbe e nada tem feito pela Cidade. E que Luiz Maurício foi um dos maiores apoiadores do João Dória na região e não conseguiu nada pra cidade. Emer namora o PSB de Márcio França.

emer

Continuidade?
Em Itanhaém, as pesquisas apontam que Tiago Cervantes, atual vice-prefeito, hoje no PSDB, está na frente. Marco Aurélio Gomes faz com Cervantes o que João Carlos Forsell fez com ele em 2008, quando o elegeu vice e o preparou para a sucessão. A aprovação de Marco Aurélio é estrondosa, mas não repassa ao seu vice como Forssell conseguiu fazer com ele. Porém, Marcelo Strama, candidato por quatro vezes pelo PSB quer ser tornar o Lula de Itanhaém e mais uma vez é candidato. Além dele, Cris Forssell (foto), sobrinha do ex-prefeito Forssell, é candidata do Podemos e conta com a força da família, que já dirigiu Itanhaém em 5 mandatos, com seu pai e avô. Além do Podemos, Cris já conseguiu o apoio do PV e da competente jornalista Luciana Julião.

forsell

Propaganda antecipada
Alias, o Facebook de Cris Forssell pode ser seu calcanhar de Aquiles. No espaço há muita, mas muita propaganda antecipada, que qualquer advogado de quinta categoria no ramo eleitoral impugnaria a candidatura.

Disputa de Caios
Em São Vicente, a sucessão será a mais disputada da região. Candidato a deputado federal, Kayo Amado, então no rede, conseguiu mais de 50 mil votos sendo o mais votado na Cidade e do partido. Porém, a legenda não conseguiu eleger nenhum. Com isso, Amado (foto) volta com tudo, agora no Podemos como forte candidato a vencer a eleição em São Vicente. O medo de Amado é tanto que no Clã dos Franças está sendo analisada uma mudança de última hora: a troca de Pedro Gouvêa (MDB), atual prefeito, por Caio França (PSB), atual deputado estadual (o mais votado na Cidade). Seria uma disputa ferrenha de Caios.

kayo

Não quer
O problema é que por mais que o pai insista, Caio não quer se indispor com o tio que gosta muito e ainda teme perder a eleição, como perdeu para Luiz Cláudio Bili (PL), de triste lembrança para ele e para a população vicentina.

Fora
Única certeza é que Luciano Batista (PL) e Júnior Bozzella (PSL) não disputarão o Palácio Martim Afonso. Batista quer voltar aos princípios e se eleger vereador. Pretende ser o mais votado da Cidade. Já Bozzella com suas manias de grandeza, mudou o título para Santos e deve apenas assistir àa eleição nas duas Cidades, participando mais ativamente fora da Baixada, em São José dos Campos, cidade que lhe rendeu quase 10 mil votos em 2018, localidade onde foi mais votado.

Pegadinha do Malandro
Uma pessoa próxima do deputado estadual Professor Kenny (foto) garante que o anúncio de sua candidatura a prefeito é pura encenação. Perto das convenções vai abrir mão e dizer que cumpre seu mandato até o final.

kenny

Pra inglês ver
Enquanto oficialmente todos falam em fazer convenção no PSDB de Santos envolvendo Rogério Santos (Governo), Fabio Ferraz (Saúde), Augusto Duarte (Vereador) e João Paulo Papa (Ex-deputado e ex-prefeito), na boca-pequena todos sabem que Paulo Alexandre Barbosa já escolheu seu candidato. E será o dentista concursado em Cubatão, Rogério Santos, que ocupa a Secretaria de Governo desde o início de sua gestão, sendo, ao lado de Rafael Quaresma, do Procon, um dos que não mudaram de posição do time polivalente de Barbosa.

Sumido
O ex-prefeito e ex-deputado federal, João Paulo Papa (foto), anda sumido. Apesar do presidente estadual do PSDB, Marco Vinholi, bancar seu nome na cédula para 2020, Papa (que ocupa hoje uma assessoria muito bem remunerada na Sabesp) não comparece aos eventos públicos. Sequer acompanhou o governador João Dória (a quem apoiou em 2018) em seus recentes eventos públicos na Cidade. Papa sequer se inscreveu para as prévias do tucanato e vale lembrar que dois de seus irmãos, fora outros aliados, estão contemplados na máquina da Prefeitura comandada por Barbosa.

papa1

Disputa na Azevedo Sodré
A verdade é que a disputa já começou e a Rua Azevedo Sodré é por hora o grande palco dela. Afinal, é onde funciona o comitê informal de Rogério Santos, comandado por Marcos Adegas, e onde fica o escritório do deputado Professor Kenny.

Não vai
A deputada federal Rosana Valle (-foto – PSB) desistiu de ser candidata nas próximas eleições municipais. Não sairá candidata a prefeita. Promete cumprir seu mandato em Brasília.

valle

Não deu!
Márcio França, Caio França e a Família Santini do Jornal A Tribuna cansaram de fazer incertas no prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB) para que Rosana Valle fosse a candidata do governo. Como Barbosa não deu ouvidos, Rosana tirou o time de campo.

Cada um rema pra um lado
Com a saída de Rosana da disputa, o PSB pensa agora em qual direção vai remar sua canoa. Na esquerda está apenas o vereador Benedito Furtado remanda nessa direção. Do outro lado, os demais integrantes da cúpula socialista. Furtado quer qualquer coisa menos o candidato de Paulo Alexandre Barbosa. Do outro lado, os França que devem a Barbosa apoio por tudo o que foi feito por Márcio França na eleição de 2018. E já garantiram para Barbosa o PSB.

Ficará Verde?
Até abril, o Professor Fabião, ex-vereador e ex-secretário de Cultura (PAB) e Meio Ambiente (Papa) deve sair do PSB e rumar para o PV, onde deve se lançar candidato a prefeito tendo como vice Moysés Fernandes, em chapa pura. Fernandes foi vice de Marcelo Del Bosco (Cidadania) em 2016, quando militava no Democratas. Jornalista, Fernandes tem mania se apoderar de denúncias de outros profissionais contra a Administração Pública e garantir que são suas nas redes sociais. Vai vendo.

Telma dará as cartas
No PT a única certeza é que Telma de Souza e Chico do Settaport tentarão a reeleição na Câmara. Chico, atual presidente, tenta emplacar o Professor Douglas como candidato do partido a prefeito. Telma tenta convencer o urbanista Rafael Ambrosio a entrar na disputa. O nome deve ser um dos dois. A única certeza é que se Chico tentar impor seu candidato ao partido, Telma se colocará como candidata a Prefeita e convocará prévias. Alguém se atreverá a ir contra ela?

Não vai
Apesar de ter se filiado ao PCdoB, Evaldo Stanislau, que foi vereador do PT, já avisou que não pretende disputar o Palácio José Bonifácio em 2020. E quanto a vereança, ainda está estudando.

Ensaiando
O Cidadania ensaia para colocar na disputa o diretor de teatro, Tanah Corrêa (foto), pai do global Alexandre Borges e secretário de Cultura de Oswaldo Justo.

tanah

Vai pro pau
O desembargador aposentado Ivan Sartori será mesmo candidato a prefeito pelo PSD. Sartori quer desmascarar o governo de Barbosa nos debates e se diz preparado para isso. E entende que sua ligação com Eduardo Bolsonaro trará a ele os votos Bolsonaristas da Cidade. Se o Aliança pelo Brasil sair do papel, Sartori deve trocar o 55 pelo 38, mas que será candidato, será.

Puxará o tapete de Sartori?
Um dos conhecidos puxa-sacos da Família Teixeira tem espalhado pela Cidade que o presidente do PSD de Santos, Marcelo Teixeira Filho (foto), será o candidato a vice-prefeito na chapa do Professor Kenny. Vale lembrar que Kenny dá aulas há anos na Unisanta (de propriedade da Família Teixeira) e que anunciou sua pré-candidatura na Santa Cecília FM. Será coincidência? Se for fato Marcelinho puxará o tapete de Sartori. Ligeiro, o jovem Teixeira que mal chegou na política, já sabe todos os caminhos dela.

princi

PTB vai de vice
Falando em vice, ao atual vice-prefeito, Sandoval Soares, se filiou ao PTB e será candidato a Prefeito pela legenda. Conta com o apoio do experiente articulador político Waldemyr Almeida para isso. Soares quer ter a chance de disputar o cargo máximo da Cidade.

Quaresma no DEM
Aliados recentes na política do Santos FC, o deputado estadual Paulo Corrêa e José Renato Quaresma articulam uma candidatura do empresário da Embraps a prefeitura pelo Democratas. Vale lembrar que Quaresma foi chutado do Podemos por Leandro Chaddad, poderoso presidente da legenda em Santos.

Banha vai pro pau
O vereador Antonio Carlos Banha (foto) é o candidato a prefeito do poderoso MDB do golpista Michel Temer, de Baleia Rossi e do estadual Caruso. Diz que vai até o final e que não quer prêmio de consolação. Será que Banha dará um golpe de karatê que aprendeu com o Mestre Shinzato nos adversários?

banha

Talvez vá
Já o vereador Rui De Rosis pode entrar na briga pela cadeira de prefeito de Santos. Até com os melhores amigos, ele desconversa. Os observadores garantem que ele está em plena campanha. E será o candidato do PSL de Júnior Bozella!!

Única certeza
A única certeza da disputa em Santos é que se o papo de Kenny for pra valer (algo inusitado em sua trajetória) os outros correm por uma vaga no 2º Turno. Isso se tiver 2º Turno.

VAR procura
Presidente do Jabaquara, o ex-vereador Adelino Rodrigues quer votar a Câmara e está escolhendo partido. Mas já colocou o VAR em ação. VAR é Volta Adelino Rodrigues.

Candidato forte
O PSL de Santos tem um forte candidato a vereador. Trata-se do cirurgião dentista, perito policial e boxeador, Sergio Marraccini (foto), um dos homens mais fortes da Cidade, cuja massa muscular causaria medo até no incrível Hulk.

marra

Esquerdista Bozonado
A política cria monstros a cada período eleitoral. No melhor estilo “Mamãe falei” , Kim Kataguiri e Fernando Holiday, um jornalista santista, com um passado de esquerda, tendo prestado serviços ao PT, resolveu entrar no circo fascista com os dois pés. Além de elogiar seu chefe do momento, faz questão de posar foto com o capitão Jair Bolsonaro. Além de tudo, usa o discurso patriota do Cidadão do Bem para vociferar nas redes sociais contra gays, lésbicas, ou seja, surfar na onda dos oportunistas e canalhas. Alguém falou que ele pode ser vereador e o cara acreditou. Que pena. Espero que passe vergonha. Parece que o regime alimentar, algumas vezes, leva os quilos e o caráter juntos.

Pizza governista
Outro candidato a vereador forte será Frederico Cidral (foto), um dos proprietários da tradicional Kokimbos Pizzaria e professor da Universidade São Judas no curso de Gastronomia. Cidral irá para o partido que Rogério Santos (PSDB) determinar. Rotarado (termo que é usado para definir os apaixonados pela missão do Rotary Club), Cidral deve ter muitos votos nos Rotarys da Cidade.

cidral

Mal-Mal da Tri
Vaidoso e sempre em busca das luzes das câmeras ou dos flashes dos fotógrafo para aparecer um pouco, um “profissional santista” tem despertado interesse de nanicos partidos políticos para conseguir amealhar uma meia dúzia de votos da própria família nas próximas eleições. Seria candidato a vereador. Os pensadores da política caiçara sugerem o apelido Mau-Mau da Tri ou até mesmo Mal-Mal da Tri. O falastrão vaidoso está ressabiado. Prefere Bom-Bom da Tri. Ruim de voto, não consegue ganhar uma eleição nem na entidade maior da advocacia santista. Uma coisa é certa, ele não abre mão do “Tri” nas urnas eletrônicas, pois, sem isso, corre o risco de não ter nem o voto dele mesmo.

Nome forte
Filho do ex-vereador José Alberto da Silva, o Beto Zoinho (que exerceu mandato de 2005 a 2008), Denis Luan (foto) ensaia uma pré-candidatura a vereador em São Vicente. Morador da Área Continental, Luan tem feito postagens nas redes sociais com o slogan “Novas ideias para São Vicente”. O jovem de 28 anos em breve deve fechar sua adesão a um partido.

zoinho

Sem pagamento
O ainda muito novo Movimento Teatral de Guarujá cobra nas redes sociais o pagamento dos cachês do Festival Teatral de Guarujá, realizado em outubro. A Prefeitura à época prometeu pagar em 15 dias. São até agora 4 meses de atraso.

Cobrança
O vereador Fernando Martins dos Santos. O Fernando Peitola (foto), continua cobrando a Prefeitura de Guarujá sobre o desassoreamento do Rio Santo Amaro. O problema vem desde 2013, tem empréstimo aprovado pela Caixa Econômica Federal e até agora nada. A região tem perto de 30 mil moradores. O rio transborda com qualquer chuva. A água invade as casas próximas e “brota” pelas paredes. Ninguém vai resolver isso?

peitola2

Sonhando com o 10º
Ex-presidente da Câmara, vereador por nove mandatos, Manoel Constantino (PSDB), conhecido pelo apelido de Senador, é o vereador mais antigo da Câmara, onde atua ininterruptamente desde 1983 sem jamais perder uma eleição. A idade e a experiência têm deixado Constantino perplexo com o que houve em plenário a ponto de tirar um cochilo e sonhar com o décimo mandato seguido no Legislativo Santista. Alguém acorde o Senador, apesar que sonhar não custa nada e Constantino, tido sempre como um dos que não se reelegem, permanece em plenário.

consta

A conferir.