Coluna “Nos Bastidores do Santos FC- 28/11/2020

Voto virtual
O Santos FC deve realizar no próximo dia 12 de dezembro sua primeira eleição virtual, o tão falado voto a distância. De acordo com apurado pela Coluna, existe muita inconsistência no cadastro dos sócios. Entre elas, vulnerabilidade apontada pela Secretaria Social do clube, como vários cadastros em poucos segundos na mesma cidade, mudanças suspeitas de endereços de e- mail, possibilidade de acesso no lugar de outra pessoa com a data de Nascimento e outras falhas.

Foi a patroa
Representantes das seis chapas que vão participar da próxima eleição de dezembro fizeram um teste do voto virtual na última sexta-feira, dia 27. O sistema foi colocado em funcionamento e deixou uma brecha enorme. Um dos sócios, que não estava em casa no momento da “votação”, foi substituído pela esposa, que “depositou” seu voto no computador no lugar do marido. Pode isso?

Estranho
Um conselheiro revelou recentemente que não existe, isso mesmo, não existe, um parecer da Comissão Eleitoral do clube favorável ao voto a distância. Dizem que se esse parecer existe ninguém o viu até agora, isso menos de duas semanas da eleição.

Walking dead
Na votação do impeachment de José Carlos Peres uma situação inusitada chamou a atenção. Um sócio foi votar e descobriu na listagem que estava morto para o Santos Futebol Clube. Diante do fato, o “falecido” precisou apresentar sua carteira social e outros documentos para provar que era ele mesmo que estava ali, não um zumbi ou uma alma penada.

Eu sou eu
Outro associado foi votar e ao apresentar seus documentos o mesário percebeu que seu número de matrícula não batia com o que existia na listagem de votantes. Ele foi conduzido à Secretaria Social para regularizar a situação e poder votar. Apesar de estar com suas mensalidades em dia e os documentos em ordem, descobriu-se que outro sócio, com o mesmo nome dele, um homônimo, impedia que o “verdadeiro” votasse. Como era horário de almoço, a responsável pela a solução do impasse não estava no local, porém, não sabe como tudo foi resolvido.

Não adianta procurar
Muitos torcedores estão intrigados se os ex-integrantes do Comitê Gestão de José Carlos Peres estão fazendo parte de alguma das seis chapas que disputam as eleições de dezembro. Não estão e não podem estar. Como todos tiveram seus direitos políticos cassados, pelos próximos cinco anos, isso não pode acontecer. Se alguém colocou algum deles, terá sua chapa impugnada e ficará fora da disputa.

Nova visita
A Coluna apurou que os integrantes da Comissão de Transição do clube foram convidados a fazer nova visita às instalações da Vila Belmiro, CT Rei Pelé e CT Meninos da Vila para checar as condições dos equipamentos. Na primeira oportunidade, um integrante da comissão revelou “dá dor no coração o abandono das praças esportivas do clube”.

Redes sociais
As redes sociais deram voz para todo mundo. Clone de jornalistas e guardiões da moralidade pública atacam em nome da “sua verdade”. Uma dica: cheque a lista de candidatos ao Conselho Deliberativo e descubra os reais motivos dessa defesa por alguns candidatos.

Ginásio e Salão de volta
O presidente Orlando Rollo acabou de vez com a ideia do afastado José Carlos Peres de transformar o Ginásio Athiê Jorge Coury em estacionamento para ônibus do Santos e dos visitantes e um local exclusivo para evitar o contato com a torcida santista. Outra proposta de Peres que também não vai sair é a de transformar o Salão de Mármore em vestiários e permitir o acessos dos times à área central da Vila Belmiro.

A conferir.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*