Na coluna desta semana, você vai saber detalhes da participação de Marcelo Teixeira em uma reunião em Brasília, que deixou o presidente do Conselho muito preocupado; que Quaresma deve sair da briga pela presidência do Santos; que um engenheiro vem tentando convencer os conselheiros a aprovar a obra do retrofit e muito mais.

Marcelo-e1478279821399

Profut agindo

O Governo Bolsonaro, na área esportiva, quer fazer valer a lei. A APFUT, agência federal que normatiza a prática de futebol, notificou os presidentes de clubes que estão descumprindo a lei que aderiram não obrigatoriamente (Palmeiras foi um dos clubes que não aderiram ao Profut) que possibilitou o parcelamento de dívida de impostos federais com contrapartidas dos clubes. Tem três que podem perder a adesão ao programa por não cumprir a lei e que foram notificados nas últimas semanas: Vila Nova, Figueirense e Santos FC. A notificação foi para as diretorias e conselhos.

Ponte aérea

Ao receber a notificação da APFUT, o presidente do Conselho, Marcelo Teixeira, agendou reunião com os membros da agência em Brasília, com apoio do secretário Nacional do Futebol, Dagoberto Fernando do Santos. Para quem não lembra, durante sete anos da gestão de Teixeira no Santos, Dagoberto foi seu principal executivo da área de gestão e finanças. O encontro entre Santos e APFUT ocorreu na última quinta-feira (22/08).

Participação surpresa

A reunião era para ser secreta, mas como tudo no Santos na gestão Peres, foi vazada para a Imprensa e conselheiros. Jornalista e operador político ligado a Andres Rueda, Vitor Sion, um dos líderes do Movimento Pró-Santos, ligou para Teixeira e dizendo estar em Brasília na data a trabalho pediu para participar da reunião. Democrático e transparente, Teixeira permitiu o acompanhamento de Sion. Estranhamente nenhum membro do Comitê de Gestão foi à reunião.

hug

Espião 86?

Alguns conselheiros acharam estranho a participação de Sion, que é um crítico ferrenho de Teixeira, desde os tempos de colunista no Santista Roxo e no Diário do Litoral. Esses conselheiros, que dizem desconhecer qual é a profissão de Sion, apostam que um conselheiro que foi candidato a Presidente em 2017 e já participou de gestões do Santos bancou a viagem para Sion vigiar as ações de Teixeira em Brasília. Será que o patrocinador é vizinho de Teixeira?

Em casa

Teixeira foi recepcionado em Brasília por um dirigente da APFUT de nome Gilson e três membros do governo Bolsonaro que já trabalharam no Santos: o Secretário Nacional de Esportes, Ronaldo Lima (ex-gerente de Base do Peixe na gestão Modesto Roma Jr), o Secretário Nacional de Futebol, Dagoberto Fernando dos Santos (que atuou com Teixeira como citado anteriormente e foi Diretor de Futebol na gestão toda de Modesto Roma Jr) e o Assessor para Futebol Feminino, Kleiton Lima (formado em Educação Física na Unisanta, técnico das Sereias da Vila na gestão de Teixeira e técnico do Santos B na gestão de Roma Jr.)

Mudanças no Estatuto

O governo e a APFUT mostraram a Teixeira que é urgente inserir no Estatuto do Santos uma cláusula que penalize os dirigentes que descumprirem as cláusulas de gestão temerária previstas na lei. Teixeira apresentou um cronograma das alterações estatutárias que estão sendo discutidas no Conselho, e o cronograma agradou à APFUT.

Santos será processado

Teixeira também foi comunicado que o Santos responderá um processo administrativo na APFUT devido ao endividamento apresentado pela Gestão de Peres em 2018, que ultrapassa os 10% do executado no exercício anterior que é permitidos pela lei e foi enquadrado como Gestão Temerária.

Dança automática

Também ouviu da APFUT que, caso o Santos volte a descumprir as cláusulas de endividamento (que em 2019 cai para 5% do executado em 2018), em qualquer exercício a partir de agora, é eliminado automaticamente do programa de refinanciamento instituído pelo PROFUT e todas as dívidas federais passam de ser a longo prazo e pesarão imediatamente no caixa do clube.

Nem aprovar adianta

O presidente do Conselho também ouviu que nem adianta o plenário do egrégio aprovar o Balanço Administrativo do clube para evitar o descredenciamento. A lei é clara. Independentemente do Conselho aprovar ou não, se existir o endividamento temerário, o clube é excluído imediatamente. Por isso, é essencial a inclusão da cláusula de penalização dos dirigentes que praticam gestão temerária como Peres em 2018.

Preocupado

Pelo que a coluna apurou, Teixeira voltou de Brasília muito preocupado. Afinal, será que os recebíveis de Rodrygo, que serão contabilizados no segundo semestre de 2019 serão suficientes para evitar novo descumprimento do Profut em 2019?

CF diz que não

Vale lembrar que o balanço do Primeiro Trimestre de 2019, que recebeu parecer do Conselho Fiscal, os membros do órgão independente alertam para a insanidade de gastos de gestão do clube. Ou seja, nem a grana do Rodrygo pode salvar o Peixe da eliminação do Profut.

Preocupado II

Presidente da Associação Orgulho de Ser Santos, conselheiro e contador, José Macedo Reis, que é pré-candidato a presidente do Santos FC em 2020, está preocupado se o clube está pagando em dia as parcelas de refinanciamento do Profut e ainda não atrasando mais o recolhimento de impostos. A preocupação é pertinente. Afinal, o relatório do primeiro trimestre do CF apontam que há apropriação indébita da Gestão Peres no Santos.

Dinheiro do Rodrygo

O Conselho Deliberativo se reúne nesta terça-feira (27). Um dos assuntos em pauta é o parecer da Comissão Extraordinária que acompanhou o que foi feito com o dinheiro da primeira parcela de Rodrygo. O parecer aponta investimentos em salários, intermediações e pagamentos de dívidas.

Relatório errado

O relatório com números apresentados pelo clube à comissão foi divulgado aos conselheiros e vazado para a mídia. E já foi constatado um erro nele. Aponta que foram pagos valores a Dagoberto Fernando dos Santos, ex-diretor de Futebol da Gestão Roma, devido a um processo judicial.

A verdade

Pelo que a coluna apurou com funcionários do Jurídico do clube, tal processo nunca existiu. Dagoberto foi chamado por Peres e fez um acordo, abrindo mãos de recebíveis, para equacionar a dívida. Ou seja, até oficialmente a gestão do Peres mente.

Auditoria fajuta

Outro caso que será avaliado pelo plenário é o relatório da Comissão de Inquérito e Sindicância em processo apresentado pelo conselheiro José Macedo Reis sobre a contratação de uma empresa para fazer auditoria que não era auditoria. O relatório da CIS aponta que Macedo tinha razão, porém o trabalho foi feito por outra empresa que tem a permissão para realizar esse trabalho. A CIS não apontou esse erro como “grave”.

Falso testemunho

Na defesa entregue por escrito, Peres disse que Macedo ofereceu o serviço a Peres por sua empresa e por isso moveu o processo. Macedo pediu à CIS para que se indague Peres sobre provas disso, mas a CIS nada fez sobre o caso.

Últimas consequências

A amigos, Macedo Reis promete levar esse falso testemunho de Peres às últimas consequências e também vai cobrar a CIS pela omissão no caso.

Auditoria retificada é boa?

A verdade é que o trabalho da GF Brasil já foi retificado pela Justiça e pelo próprio Peres. O que mostra que o alto investimento feito nessa auditoria não se justifica. Afinal, alguém em sã consciência já viu retificação em auditoria?

Planejamento Estratégico

Após passar por análise da primeira e única reunião do Conselho de Orientação do triênio 2018-2020, cumprindo determinação estatutária, o Planejamento Estratégico vai ser votado pelo Plenário do Conselho Deliberativo também nessa terça.

Mudanças efetivas

Após a reunião do Conselho de Orientação, que reúne ex-presidentes do Clube e do Conselho, Peres retirou do Planejamento Estratégico vários pontos polêmicos, como a conquista de apenas um vice da Libertadores em cinco anos, uma Copa do Brasil e classificações sem título. Os ex-presidentes ponderaram e mostraram que era pouco para um time como o Santos FC, que tem sempre que objetivar conquistas. Além disso, o Planejamento foi retirado do Portal da Transparência, uma vez que não tinha sido aprovado pelos Conselhos de Orientação e Deliberativo.

Quase tudo atendido
A coluna apurou que quase todas as alterações pedidas pelo Conselho de Orientação foram feitas por Peres, que reconheceu os equívocos.

Autor da maioria

O autor da maioria das alterações atendidas foi o ex-presidente do Conselho, Esmeraldo Tarquínio Neto, autor de um dos pedidos de impeachment de Peres em 2018.

Assumiu autoria

Além de um ex-amigo membro do Comitê de Gestão, como noticiamos na coluna passada, Adilson Durante Filho, que retornou às colunas sociais da Cidade na última semana, também apresentou para a Polícia Federal um áudio que um conhecido associado que grava conversas de todo mundo se assume como autor do vazamento do áudio com teor racista, que levou Durante a sair do Santos e perder o emprego na Prefeitura.

Pinga ni mim

Na gravação, esse associado ainda pede dinheiro pra sumir com a gravação. Será que dá cadeia?

macaco2

Clientes opostos?

Durante foi a Polícia Federal acompanhado do advogado Eugênio Malvassi, que tem em seu hall de clientes o Santos FC e o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa. A pergunta que fica é: e se a apuração do caso envolver mesmo um membro do Comitê de Gestão, quem Malavassi irá atender: o Santos ou Durante?

Conflito ético

Se isso ocorrer, Malavassi, que é Conselheiro Estadual da OAB, pode até mesmo enfrentar um processo no Tribunal de Ética. A conferir.

lincoln

Defesa estranha

A coluna foi procurada por muitos conselheiros santistas abismados com a defesa que o vereador e comentarista de futebol, Rui De Rosis, tem feito de José Carlos Peres e de Jorge Sampaoli. Acham a postura de De Rosis controversa.

Com Dorival era diferente

Esses conselheiros lembram que a postura de De Rosis com Modesto Roma Jr e principalmente com Dorival Júnior era bem diferente. A acidez do passado mudou…

Obedecendo o chefe

A verdade é que Peres e Paulo Alexandre Barbosa, o prefeito de Santos, estão carne e unha. E Rui de Rosis e Paulo Alexandre também são carne e unha. Portanto…

Palavras ao vento

Um influente conselheiro do Peixe está espalhando um novo apelido de José Carlos Peres: Cássia Eller. Segundo esse conselheiro, o motivo é que Peres joga as palavras ao vento, uma das canções mais conhecidas da saudosa roqueira.

Palavras ao vento II

Entre as palavras ao vento de Peres enumeradas por este conselheiro estão o entrosamento com o vice e Odir Cunha, o investimento do Bolton Group no Retrofit, Zelarian, a promessa de campanha de não reclamar da situação do clube, entre outros. São mais de 70 pontos não dá pra colocar todos.

Podemos Quaresma?

A pré-candidatura de José Renato Quaresma à Prefeitura de Santos em outubro de 2020 pelo Podemos está crescendo muito, a ponto de afirmarmos que Quaresma está fora da disputa do clube em dezembro do mesmo ano. Podemos Quaresma?

Marino é sério

Com isso, se conclui que a candidatura de Rodrigo Marino a presidente é muita séria. Afinal, Marino e Quaresma são mais unidos que Peres e Rollo ou não?

Visitou o xilindró

Conselheiro eleito pela Chapa de Andres Rueda em 2017, o engenheiro Álvaro de Oliveira, ficou preso por um dia devido à ação da Policia Federal no Porto de Santos. Oliveira é funcionário da Codesp há anos.

É dos corneteiros

A coluna apurou junto a membros da Santástica União e descobriu que Álvaro Oliveira é membro dos Corneteiros Santistas, grupo liderado por Luiz Guida.

Regra

Oliveira já é o segundo conselheiro santista ligado à Codesp que acaba preso nesse triênio.

Exceção

Mas, nem todo conselheiro com passagem pela Codesp acaba preso ou respondendo processo. Toda regra tem exceção. A coluna lembra que Esmeraldo Tarquínio ocupou diversos cargos no Porto, como ouvidor da Codesp e presidente do Cenep (centro de formação e capacitação portuária), e nunca se envolveu nesses escândalos.

Corintiano prestigiado

Principal nome das prisões da Polícia Federal, o ex-deputado federal, Marcelo Squassoni (PRB) é corintiano e já esteve preso por envolvimento com a MSI de Kia Joorabichian. Porém, isso não impediu Squassoni de receber afagos ou apoios de santistas de raiz como Marcelo Teixeira, Modesto Roma Júnior e Professor Kenny, que não é santista de raiz, mas é torcedor fervoroso do Peixe.

Charuto argentino

José Carlos Peres deu entrevista ao Jornal Agora neste domingo (25) e segundo alguns associados deve ter fumado um charuto argentino antes de atender ao jornalista. Disse no bate-papo que Sampaoli é a maior contratação da história do Santos e maior técnico dos mais de 100 anos do Peixe.

Amnésia

Os sócios acreditam que Peres está com amnésia ou Alzheimer. Afinal se esqueceu de Pelé, Lula, Pepe, Zito, Rovinho, Neymar… Estranho para um dos autores do Dôssie do Octa, que devolveu os títulos nacionais da CBD ao Santos pela CBF

E os outros

A coluna é fã do trabalho de Sampaoli, mas o técnico ainda não ganhou nada no Santos. Ganhou menos que Lula, Antoninho, Luxemburgo, Muricy, Leão, Dorival…

Até o Presuntinho

Sampaoli tem menos títulos até de Bilu, Formiga, Castilho e Marcelo Fernandes, que ganharam Paulistas.

Encantamento às avessas

A coluna não entende o encantamento que Sampaoli diz ter com a base do Santos, que já foi tema de uma centena de matérias dos setoristas do clube. Afinal, o argentino não revelou nenhum atleta da base e não põe nenhum deles para jogar.

Vergonha na Burrinha

O Sportv mostrou em rede nacional a derrota do Santos por 3 a 0 para o Vasco em Ulrico Mursa nessa semana, pelo Brasileirão Sub-20. Os três gols saíram em menos de 20 minutos. Qual é a história do Vasco na revelação de atletas?

Todas as estrelas

O que causou espanto geral foi o aproveitamento nessa derrota de todos os atletas que, segundo a imprensa, encantam o Sampaoli e despertam interesse do futebol europeu: Kaio Jorge, Tailson, Cadu, Sandry, Ivonei, Lucas Lourenço… Todos estavam em campo.

Atrasado

O desempenho pífio do Sub-20 só confirmam os boatos que o salário e outros vencimentos da garotada andam atrasados na Vila Belmiro. Nunca foi vista tanta desmotivação na base. Até o ex-jogador Basílio, recém-contratado para atuar como olheiro, está preocupado com a falta de qualidade do departamento.

Mais uma mentira

Na Portuguesa Santista, as mentiras de Peres estão constatadas. Prometeu manter o gramado de Ulrico Mursa, mas ele está parecendo um charco.

Desistiu

O Grupo Mendes desistiu oficialmente do projeto de comprar áreas do SPU em volta da Portuguesa Santista e fazer um novo estádio com shopping no local. Até mesmo o CT da Briosa está com os dias contados. Deve ser devolvido em 2020.

Passa bem

Após passar por processo cirúrgico complicado, o conselheiro do Santos Vasco Vieira, um dos mais antigos do egrégio desempenhando a função desde a gestão de Rubens Quintas Ovalle, passa bem e está se recuperando com mais velocidade do que o investimento do Grupo Bolton no Retrofit da Vila.

Pau

O Santos FC sofreu derrota na Justiça, que concedeu liminar à FK Sports para penhora de valores do Peixe. A discussão é se pode ao invés de contas ser bens. A FK se manifesta essa semana se aceitar a penhora da casa da Tiradentes e da Chácara Nicolau Moran. Se não aceitar as contas serão bloqueadas.

Novo cargo

Diretor- Jurídico da gestão Modesto Roma, de quem teria feito delação premiada da história do dinheiro do Neymar e permanecido mais de um ano ainda na gestão Peres recebendo mais de R$ 35 mil/mês, o ex-juiz José Ricardo Tremura está de emprego novo. Ele é assessor técnico do secretário de Governo de Santos, Rogério Santos, apontado como provável sucessor do prefeito Paulo Alexandre Barbosa, sendo o candidato da situação à Prefeito.

Estranho

A coluna registra estranhamento de processo movido na Fifa pelo Hamburgo contra o Santos por não pagamento dos valores de Cleber Reis. Em março de 2018, José Carlos Peres disse em entrevista a um jornal local que os valores da compra estavam feitos, restando apenas duas parcelas a vencer durante sua gestão. Então Peres não pagou?

Doação

Rubens Marino doou ao Memorial das Conquistas do Santos sua faixa oficial de campeão paulista de 1978, além da medalha de prata recebida no Mundialito de 1981, disputado em Milão, na Itália, com a participação de clubes campeões do mundo como o Milan; Inter de Milão; Peñarol; Feyenoord e o Peixe. O Santos foi vice-campeão, sendo derrotado pela Inter na final. O meia santista Eloy foi o destaque do torneio.

corporativo

Farra do cartão

Conselheiros apresentaram ao presidente Marcelo Teixeira, na última reunião do Conselho, um requerimento solicitando apuração sobre a utilização dos cartões corporativos do clube em despesas pessoais da atual diretoria e pedindo informações à Comissão de Inquérito e Sindicância sobre a previsão de apresentação do relatório.

Farra do cartão 2

Os conselheiros querem, ainda, informações do Comitê de Gestão do clube, sobre a criação de normativa interna regulamentando a utilização dos cartões corporativos, conforme afirmado pelo gestor Fabio José Gaia, em reunião realizada no dia 14/05. O documento pede também para que seja disponibilizado aos conselheiros as cópias de todas as faturas de pagamento dos cartões corporativos do clube desde o início do ano de 2018.

Semestre tenebroso

O relatório de contas do primeiro semestre do Santos FC é assustador. O Alvinegro teve um aumento de R$ 100 milhões de contas a pagar em seis meses. Outro aspecto é como a atual diretoria torrou o dinheiro da primeira parcela do atacante Rodrygo. O prejuízo nos seis primeiros meses foi de perto de R$ 50 milhões.

Folha de pagamento

A folha de pagamento do elenco profissional continua na casa dos R$ 13,8 milhões. Número que será maior, já que faltam incluir jogadores que chegaram depois do fechamento do semestre. O valor bate nos R$ 16 milhões mensais.

diomedi

Engenheiro misterioso

Um engenheiro misterioso contratado pelo empresário Roberto Diomedi, do Bolton Group, aquele do retrofit, tem atuado para convencer conselheiros a aprovar a obra. O mais impressionante é que os contatos são individuais e sempre com o argumento que para o sucesso da obra, José Carlos Peres, precisa ficar fora e não saber de nada. Um historinha bem estranha.

Quase um mês

Por sinal, torcedor apaixonado de última hora, Diomedi parou de postar seu amor pelo clube estranhamente desde 28 de julho, no microblog Twitter.

A conferir.