diomedi

Resposta

O CEO da Bolton Holding Roberto Diomed demitiu o agente Fifa e advogado, Stefano Cionini, na sexta-feira, dia 12 de abril. As informações que Cionini tinha envolvimento com um esquema de pirâmide financeira foram determinantes para a decisão de Diomedi. O CEO garantiu que desconhecia a ação judicial envolvendo Cionini e que a atitude visa evitar desgaste e aborrecimentos para a Bolton Holding.

Requerimento bomba

Passarinhos do 1º Andar da Vila espalham que o conselheiro Vagner Lombardi não pretende deixar barato o descumprimento do Estatuto do clube feito pelo presidente do Conselho, Marcelo Teixeira, na reunião do último dia 2. Lombardi pediu a verificação de presença do plenário e Teixeira simplesmente ignorou, o que não poderia fazer segundo a carta magna do clube. A coluna não será surpreendida se um requerimento sobre o tema for apresentado na reunião desta segunda (15).

Xoxo

A última quarta-feira (10) marcou o lançamento do filme “Santos de Todos os Gols” no Cinemark. A estreia aconteceu na semana de aniversário do clube, mas atraiu pouca gente de peso. Nem o presidente Peres compareceu no evento.

Estranhos no filme

O filme foi tido como bonito pelos conselheiros e sócios que assistiram à obra. Mas lamentaram a presença de três figuras no filme: o meia Lucas Lima (hoje no Palmeiras após enrolar para renovar com o Santos), o lateral Zeca (que saiu em litígio do clube e foi para o Inter-RS) e o meia Vitor Bueno (recém-emprestado ao São Paulo FC). Será que ninguém se tocou para tirar os três atletas em baixa com a torcida?

Apoiando?

Mestre de cerimônias do filme, o jornalista Odir Cunha aclamou o presidente do Conselho, Marcelo Teixeira, como maior autoridade do clube na sessão de cinema: “O que mostra que ele apoia a gestão de José Carlos Peres”, disse Cunha, que deixou Teixeira com sorriso amarelo.

Calendário horrível

Odir Cunha aliás, coordenou a propalada “Semana Santos”, de autoria do vereador Banha e do jornalista, com eventos para comemorar o aniversário do clube. Todos com adesão indigna dos piores públicos do Estádio da Caneleira. A semana terminou e Peres não compareceu em nenhuma das comemorações.

Bandeira sumiu

A adesão à tradicional missa do Monte Serrat no domingo (14) foi pífia. Nem a Bandeira do Santos FC no ponto mais alto da Cidade hastearam.

odir

Jantar das Moscas

O jantar realizado na sexta (12), na Cantina Liliana não contabilizou 30 pessoas, sendo que a maioria foi convidada como os ex-jogadores Pepe, Edu, Mengálvio e Dorval e suas esposas.

aldo

Jantar cheio

Já a comemoração dos 107 Anos do Santos organizada pelo conselheiro e jornalista Armando Gomes e o proprietário da Padaria Santista, Carlinhos, no Restaurante Maxim´s, no mesmo horário e data da comemoração do clube no Liliana, estava cheia. Mais de 100 convites foram vendidos e contaram com a presença de muitos conselheiros, entre eles o eterno volante e ídolo do Peixe, Clodoaldo Tavares Santana.

Lotado

Também na mesma data e horário aconteceu a comemoração de 107 Anos do Santos e 9 da Terceira Via Santista na Cantina Sale & Pepe. Mais de 200 pessoas presentes, entre elas os ídolos Manoel Maria, Camanducaia e Guga, o vice-presidente Orlando Rollo e muitos conselheiros das mais diversas tendências.

Tim

Nem Sampa foi

Os eventos de aniversário foram coroados com uma competição de futevôlei no sábado (13), no Canal 6. Presença de pouca gente (como todos os outros eventos oficiais) e dos ídolos Adiel, Giovanni, Rodrigão, Robson Agondi e Domingos. Nem mesmo o técnico Jorge Sampaioli, um incentivador desta modalidade, participou. Nem José Carlos Peres foi, ficando o clube representado por Odir Cunha, que dizem nunca ter pisado na areia da praia de Santos até então.

Mal divulgado

O uniforme do Santos da partida do Atlético Goianiense trouxe fotos de pessoas desaparecidas no país em uma parceria interessante com a ONG Mães da Sé. Pena que faltou melhor divulgação e as fotos onde ficaram nos uniformes dificultaram os torcedores de entender a ação. E olha que tudo foi organizado pela Agência Y&R, uma das maiores do país.

Insatisfeitos

Muitos conselheiros estão insatisfeitos com a falta de patrocínio master no clube, o que poderia pelo menos aliviar o rombo financeiro. E ficaram insatisfeitos ao ver mais um patrocinador pontual no jogo da Copa do Brasil, a PayGo. Esses conselheiros entendem que, se o clube vende jogo decisivo a jogo decisivo, fica mais difícil arrumar um patrocínio definitivo.

Sampavila

Após quase três meses em reforma, o Santos FC voltou a jogar na Vila e venceu por 3 a 0 o Atlético Goianiense se classificando para a próxima fase da Copa do Brasil (quando enfrentará o Vasco da Gama). Na coletiva pós-jogo, o técnico Jorge Sampaioli deu uma declaração sobre jogar no estádio, após dirigir pela segunda vez o Peixe em Urbano Caldeira (o primeiro jogo do Paulista foi na Vila): “É um orgulho estar aqui. (Comparar Vila e Pacaembu,) É comparar nossa casa com a de um parente rico. Aqui é a nossa casa. Santos é de Santos e sinto orgulho de estar aqui. Jogar em outro lugar é jogar em outro lugar, não na sua casa”.

Agradou

A fala agradou sócios e conselheiros que defendem que o Peixe priorize jogar na Vila. Sampaioli ainda aproveitou para convocar a torcida. “Se lotarmos sempre não teremos mais justificativas de ninguém para não jogar aqui”.

Devida atenção

No vestiário, os atletas comemoraram muito o fato de voltar à Vila e perceberam que não agradaram alguns membros do Conselho Gestor, que inclusive criticavam na boca-pequena com as declarações de Sampaioli na coletiva. Os jogadores deram a devida atenção aos dirigentes.

fila

Megafila

A nova hamburgueria do 4º Andar da Vila agradou na partida de quinta (11), quando o Peixe venceu o Atlético Goianiense por 3 a 0 e seguiu para a próxima fase da Copa do Brasil, onde enfrentará o Vasco da Gama. Prova foram as filas na cantina que não cessaram.

Sucesso

As caixinhas com hot-dogs, hambúrgueres e pizzas, todos com o logotipo do clube caíram no gosto dos torcedores. Alguns ficaram catando os adereços no lixo pós-jogo.

Água Benta?

Assustou o preço do copo de água na partida na Vila: R$ 6,00. O vendedor foi apelidado de padre e a água, de benta.

europa

Europeus?

O Santos está cobrando R$ 80 a arquibancada para a partida contra o Vasco da Gama nesta quarta (17) na Vila Belmiro. Torcedores revoltados acusaram a gestão de estar cobrando preço de Europa com faixa na Vila.

Telefone para quê?

Segundo Ouvidor eleito do Conselho do Santos FC, o conselheiro Eduardo Filetti está indignado com o péssimo atendimento telefônico que ocorre na Vila. Fez um vasto e minucioso relatório a respeito e pretende apresentar formalmente ao Conselho uma vez que já encaminhou a gestão que deu de ombros para as reclamações dos associados.

Pedro

Falando em Filetti, o filho do ouvidor, Pedro Filetti, um dos principais influenciadores digitais da Cidade de Santos fará festança nesta terça (16) para comemorar seus 22 anos no Restaurante Savannah no Canal 4. Muitos conselheiros e jogadores do clube estarão presentes.

A conferir.