Na Coluna desta semana, você vai saber detalhes da defesa da gestão Peres sobre a reprovação das contas do clube referentes ao ano de 2018.

Nova votação

Acontece na terça-feira, dia 14 de maio, às 19h30, reunião extraordinária no Conselho Deliberativo do Santos FC. Na pauta, a votação do novo parecer do Conselho Fiscal sobre as contas referentes ao ano de 2018. O documento, agora, conta com a defesa da diretoria santista.

estatuto

Mais uma reprovação

Mesmo com os argumentos da administração Peres, o Conselho Fiscal indica nova reprovação das contas de Peres e instalação de processo administrativo contra o presidente, já que existem indícios sufuicientes de gestão temerária (arriscada, perigosa ou imprudente).

Defesa

A defesa da administração Peres afirma que o relatório do Conselho Fiscal “não indica os casos que são supostamente irregulares”.  Os advogados, por outro lado, garantem que “todas as determinações e alterações solicitadas pelo Conselho Fiscal foram atendidas”.

Franquias

Sobre a empresa Blini que era franqueada e foi contratada para gerir as franquias do clube, a gestão justificou que o proprietário é “conhecedor do negócio e com expertise necessária”. A transferência da titularidade da franquia aconteceu em 24 dias.

Intermediações

Sobre os R$ 4,8 milhões pagos em intermediações em contratações ou renovações de vínculo, a administração disse que o valor representa 1/4 do que foi dispendido em 2016 e 2017, na administração Modesto Roma. A defesa ressalta que o único pagamento de comissão aconteceu na contratação de Derlis Gonzalez, mas que o atleta é, hoje, um destaque do elenco e , por isso, o investimento está justificado. Já o CF, contestou o argumento e citou que houve repasse de dinheiro de R$ 168 mil para a contratação do atacante Sasha, reserva; e Dodô, R$ 120 mil, que foi embora do clube.

Zeca/Sasha

O relatório demonstra ainda que na negociação com o Internacional/RS, na troca de Zeca por Sasha, o empresário recebeu R$ 1,5 milhão do Santos. O detalhe é que essa comissão não foi aprovada pelo Comitê de Gestão. Só se soube depois de paga.

Folha de pagamento

A administração Peres gastou R$ 7,7 milhões com demissões em 2018. Foram R$ 5,4 milhões em verbas trabalhistas e R$ 2,3 milhões em multas rescisórias. Constam 101 dispensas sem justa causa e algumas rescisões antecipadas e alto risco de ações trabalhistas. O documento aponta que um ex-integrante do CG pediu o relatório com os nomes dos 600 funcionários, entre CLT e PJ, e que deixou o órgão diretivo e não recebeu nada até hoje.

Cartão corporativo

O CF apontou o uso do cartão corporativo do clube em despesas pessoais no valor R$ 7 milhões em 2018. O CF questionou os gastos e a administração devolveu o dinheiro em março de 2019. Coincidência?

justa

Impostos

A gestão reconheceu a dívida de R$ 14 milhões de impostos e que já pagou R$ 10 milhões. Informou que quitou R$ 17 milhões referentes ao ano de 2017, último ano de Modesto Roma. Como, em alguns casos, recolheu impostos de funcionários e não repassou ao Governo, pode responder por apropriação indébita.

Doyen

O CF indagou o porquê de Peres ter usado recursos da venda de Rodrygo para adquirir jogadores e pagar intermediações e quitar despesas não essenciais e deixar de pagar o acordo com a Doyen. A estratégia fez a dívida crescer mais R$ 2 milhões.

arena

Aniversário

A Associação Família 1912 completa três anos no dia 19 de maio. A festa será na Arena da Ilha e terá a presença do jornalista Ademir Quintino e os ex-jogadores Guga e Alexandre. O endereço é Avenida Franscisco de Castro, 2, na Vila Áurea, em Vicente de Carvalho, Guarujá. Ingressos pelo 13-99167-3280 ou whatsapp 13-997081912.

Feijoada

Em homenagem ao Dia das Mães, a Torcida Jovem do Santos promove uma feijoada no sábado, das 12h30 às 15h30, na Rua Dr. Luiz Carlos, 1, no Jardim Aricanduva, em São Paulo, próximo ao metrô da Penha. A festa terá pagode e tratamento de beleza para as mamães presentes.

macaco1

Em nome da cachaça

O “pofexô” Vanderlei Luxemburgo desempregado há tempos, foi contratado pelo Vasco da Gama. Na sua apresentação, ele já disse que não vai comandar o time contra o Santos, pois vai participar do lançamento de uma cachaça no Rio de Janeiro. Gol contra do Bruxo.

A conferir.

off3