Para desespero de alguns e alegria de outros voltamos com as principais notícias dos bastidores do Peixe. Acompanhe!

Não pula o Carnaval
Devido ao excelente contrato feito por Peres ao contratar Carlos Patito Sanches, o jogador, o melhor do Peixe e contratação de Peres, pode não enfrentar o Corinthians. Esse contrato tem uma cláusula que permite a Sanches romper o vínculo com o clube caso as “luvas” não sejam pagas até 31 de janeiro de 2020. Detalhe, essa cláusula foi incluída em Janeiro e foi ela que fez Sanches voltar das férias atrasadas…

Absurdo
Que o Conselho Fiscal e Deliberativo cobre o Comitê Gestor disso. Depois de tirar a multa de Sampaoli agora fazem isso? São Jênios (sic) os membros desse Comitê Gestor? Ou aprenderam com os gestores que diminuíram o tempo do contrato de Neymar com o Santos?

Baixinho de briga
Soteldo é outro que voltou atrasado das férias e tem R$ 300 mil a receber de luvas do Santos. Usando a dívida, o baixinho voltou bravo e forçou a cessão dele à Seleção Venezuelana Pré-olímpica (o Santos não era obrigado a liberar) e autorizou um empresário do Paraná a tentar vendê-lo para o Atlético Mineiro. Vale lembrar que o técnico do Galo é Rafael Dudamel, que dirigiu Soteldo na Venezuela, e o meia venezuelano do Galo, Otero, é muito amigo do “Pequeno Polegar” de Peres.

Inveja a Mário Mello
Um funcionário antigo do Santos que viu a discussão disse que a postura agressiva do “Pequeno Polegar de Peres” fazia inveja ao rompantes de cobrança do advogado do Peixe, Mário Mello Soares. Afinal, todo baixinho é bom de briga!

O fim do ginásio
Todos os santistas estão lamentando o fim do Ginásio Athié Jorge Coury, casa oficial do Futsal do Peixe, que foi inutilizado pela diretoria de Peres com a desculpa de “estacionar o ônibus do time adversário em segurança”. Mas, a verdade é que essa é uma desculpa esfarrapada. A realidade dos fatos foi criar uma maneira para o presidente José Carlos Peres entrar no clube sem ter contato com a rua e as reclamações de torcedores, de funcionários que ele demitiu e não pagou direitos, de ex-jogadores e pasmem, até dos jogadores do Santos que estão com imagens e luvas atrasadas. Tem alguns estrangeiros e o atacante Marinho que estão doidos pra encontrar o presidente na curva.

Medo de quê?
Peres está com tanto medo que até aventou alugar novamente o colete à prova de balas (foto), mas ficou assustado com o preço e está com medo de aparecer com a nota do colete no clube e o Conselho Fiscal ir pra cima dele.

peres3

Desculpa Segaia
O intrépido Pedro Doria Mesquita, prevendo reclamações do estacionamento privativo para Peres, já desenhou a desculpa. Vai dizer que foi exigência da Mitsubishi Segaia para emprestar o carro ao presidente. Até o dono da loja de autos conhece a fama de Peres, ou tá fazendo favor ao Santos?

O que o ginásio viu
Lastimável é o Santos tratar com desprezo o Ginásio Athié Jorge Coury. Foi lá que o Santos sagrou-se Campeão Sul-Americano de Voleibol em 1968. Lá também foram dados os primeiros dribles com a camisa do Santos de Robinho, Diego, Neymar, Gabigol, Rodrygo e tantos outros atletas. Sem falar que o Futsal é uma categoria importante para formar os atletas do campo do amanhã. E era a principal homenagem ao maior presidente da história do clube e ex-atleta Athié Jorge Coury.

basquete

Time do Santos campeão Sul-Americano de Voleibol em 1968

Quem é Athié?
Essa nota é para o Peres ler e entender o crime que ele fez no ginásio, já que o Odir Cunha, pretensioso historiador do Santos, e caçador de troféus perdidos, também não explicou a ele quem foi Athié Jorge Coury. Goleiro do Santos na década de 30, foi titular time do ataque dos 100 gols comandado por Feitiço. Depois foi diretor de Esportes e se tornou o 22º Presidente do Santos FC em 1945. Ficou até 1971 no cargo e fez o Santos ganhar o Bimundial, além de dezenas de títulos no campo, na base e em outras modalidades. Foi vereador em 1948, deputado estadual em 1950 e depois deputado federal até 1982, quando se aposentou da política.

athie

Vai alugar
O clube fez uma nota dizendo que vai alugar o Portuários para fazer lá seus jogos e treinos de salão. Detalhe, na nota, NÃO TEM NENHUMA referência ao nome do Athié Jorge Coury.

Perguntas não calam?
A quem interessa acabar com o futsal do Santos? A quem interessa diminuir o legado de Athié? O que faz Odir Cunha, que se diz historiador do Santos e Espírito Santo de ouvido do Peres, que deixou sua marionete fazer isso? Onde estavam os conselheiros que assistem calados a tudo isso? Por que Marcelo Teixeira, que tem Athié como ídolo, ainda não se pronunciou quanto a isso?

Fim do alçapão?
Há quem garanta que as reformas e providências na Vila visam acabar com a fama de alçapão do estádio e torná-lo menos favorável ao desempenho do Santos em campo.

Nas mãos do adversário
Quem controla essas obras no Santos é o supervisor administrativo e financeiro, o engenheiro elétrico Fernando Volpato, cria do Athletico Paranaense, que Peres trouxe e deu a chave da Vila Belmiro e do cofre para ele.

Camarote na chuva
Uma das medidas que visam diminuir a pressão foi tirar a cobertura dos camarotes térreos, deixando donos na chuva. Os camarotes ao nível do campo faziam pressão nos adversários e arbitragem. Expostos à chuva, vai diminuir seu valor e procura. Foi Volpato que projetou o estacionamento ao adversário e também a mudança do local da torcida adversária, que antes ficava na arquibancada mais nova da Vila, na chuva, e, hoje, fica em boa parte coberta. Nada como bom conforto ao adversário.

Fim do Salão de Mármore
A próxima vítima de Peres dentro da Vila é o Salão de Mármore Vasco José Faé. Volpato quer transformá-lo em mais vestiários. A pergunta é: Pra quê? Só pra sair do meio do campo no jogo e não sofrer a pressão do entorno da Vila.

Movimentação tardia
O intrépido conselheiro Alexandro Soares, Defensor Público de carreira, está movimentando conselheiros para reclamar do ginásio e impedir o fim do Salão de Mármore, em um requerimento bombástico. Espero de verdade que eles impeçam o assassinato de Vasco José Faé. Porque enterraram o Athié e nem velório teve.

Bar da Social
Priscilla, dona do Bar da Social, reclamou ao conselheiro Wilber Gadi, em áudio que circula nas redes sociais, que as mudanças na Vila prejudicaram seu negócio. Pois o acesso dos adversários fez com que a torcida do Santos não tivesse mais como ir ao seu bar, uma vez que a PM isola o local por questão de segurança. Ou seja, nos dias de jogos, ninguém pode ir ao Bar do Social e nem à loja oficial do Santos. Há 30 anos, o Bar da Social atende aos frequentadores da social e agora vai atender aos adversários, que chegam em cima do jogo. Priscilla não quer ver Peres nem pintado de ouro dentro de casa.

Troca de pele
Andres Rueda (foto) é um sujeito engraçado. Ex-conselheiro de LAOR, ex-conselheiro eleito na chapa de Fernando Silva, ex-membro do Comitê Gestor de Modesto Roma Júnior, crítico do Conselho Fiscal que o citou no relatório de 2015 com irregularidades, ex-Membro do Comitê Gestor de José Carlos Peres, um dos que trabalharam contra o impeachment de Peres mesmo depois de deixar sua diretoria e o criticar ferozmente no Conselho, e candidato derrotado em 2017, na chapa cujo apelido era Balaio de Gato, onde ele e seu vice se pegavam, e tinham tudo menos a união que estava no nome do grupo, ainda quer ser presidente do Santos e já colocou sua campanha na rua, sabe-se lá com recursos provenientes de onde. Como um cara que muda de grupo como muda de cueca, muda de ideia conforme o ouvido próximo, acredita que pode gerir o clube desse jeito. Vale lembrar que em 2017 ele parou uma semana sua campanha para tentar compor com Peres. Não sabe o que quer! O Santos precisa de dirigentes retos, de pensamento único, não de gente que muda de roupa conforme o clima.

Eu vou escolher
Batendo papo com um de seus apoiadores (um ex-conselheiro, que renunciou ao cargo, porque viu que era incompetente para ele, que é conhecido por intimidar seus adversários com um taco de beisebol como o personagem Negan do seriado The WalkingDead, criador de famosos grupos no Facebook como o Espírito Santos, que era apelidado de Espírito Peres, quando este Negan era capacho do bigodudo presidente, e também famoso vendedor de canecas sem licenciamento do clube), Rueda abriu o coração. Disse que é candidato, e vai ele ser o coordenador da própria campanha escolhendo os 80 primeiros nomes de sua chapa. O papo ocorreu quando Rueda foi pedir para o ex-conselheiro colocar uma pesquisa eleitoral em seu atual grupo de facebook chamado Transparência-SFC. Rueda incorporou o Imperador Romano Julius César dizendo que ele mandará sozinho? Justo ele que pedia tanto as decisões colegiadas?

Robolândia
Rueda mostra que não conhece nada de política e nem de rede social. Uma vez que anunciar que vai ser imperador desde antes de formar a chapa é um caminho para ficar sozinho. Um erro político. E pedir pesquisa nesse grupo Transparência-SFC, conhecido nos arredores da Vila por Robolândia, devido a centenas de fakes e robôs a serviço dos politiqueiros de plantão, serve pra quê? Me admira alguém que teve uma empresa de telemarketing e pesquisa não saber disso.

A volta dos 4% do PIB
Rueda já anda anunciando seu plano de gestão. E só tem um item. Diz ele já ter cerca de 10 santistas ricos que vão pressionar os bancos a cederem dinheiro ao Santos a juros 0. É a volta dos 4% do PIB do Laor, do grupo Guia, dos membros da TEISA (conselheiros que compraram parte do Neymar e de outros atletas e hoje processam o Santos). Essa história, os associados do Santos já viram e não se esquecem. Depois que compraram e venderam Neymar, os endinheirados, liderados pro Alvaro de Souza, o homem do rolo da CSU com o Santos, ABANDONARAM o clube e LAOR à própria sorte. Deu no que deu!

paleto2

Rueda e Marcelo?
Rueda tem espalhado que um dos endinheirados será seu vizinho Marcelo Teixeira. Estranho, porque Teixeira já deu inúmeras declarações críticas a Rueda. E já ouviu essa história tantas vezes nos últimos 20 anos que seria burro se caísse nessa.

Representante federativo
Rueda disse que Teixeira é parte do grupo de endinheirados liderados por ele e será o representante do Santos na Federação, na CBF e na Fifa.

Nunca ia, será que vai?
Vale lembrar que Teixeira já deu inúmeras entrevistas dizendo que não gostava dessas reuniões e que mandava sempre seu vice, Norberto Moreira, e seu diretor administrativo, Dagoberto F. dos Santos nessas entidades.

norberto

Conto da Carochinha I
Essa história dos “endinheirados santistas que querem ajudar o Santos de graça” não cola mais. É mais um conto da carochinha do clube. Se Rueda vivesse o Santos saberia disso.

Aposta
Pago 100 “mangos” (foto) para qualquer um que aparecer com uma foto de Rueda assistindo um jogo do Santos. Pode ser na Vila, no Pacaembu, mas tem que ser fora de período eleitoral.

manga

Esvaziado
Se eu fosse Rueda ficaria preocupado pois ele está perdendo toda sua base de apoio para outros dois pré-candidatos que estavam na Santástica União, um de São Paulo, cidade de Rueda, outro de Santos: Fernando Silva e Rodrigo Marino.

Expulsos
Prova que os endinheirados santistas não estão nem aí para o Santos é que dois dos endinheirados que Peres trouxe, colocou em seu Comitê de Gestão, e que depois saíram atirando nele acusando-o de fazer má gestão, Urubatan Helou, da Brasspress, e Hanie Issa Júnior, da Tekbond, foram EXPULSOS POR FALTA no Conselho Deliberativo do Santos.

Santástica Reunião
Pré-candidato a Presidente do Santos, Rodrigo Marino, está conseguindo reunir novamente os grupinhos da Santástica União, chapa de Rueda em 2017, em torno de seu nome. Um atento observador da política santista disse que será o retorno do “balaio de gatos” e que até a eleição pelo menos 200 rachas acontecerão. A conferir.

Rachou
O primeiro racha do novo balaio de gatos é o mais inesperado deles todos: José Renato Quaresma, que era unha e carne com Rodrigo Marino desde que ambos militavam com Roma na Chapa Santos Gigante, não está nessa barca e deve também ser candidato, uma vez que não será mais candidato a prefeito de Santos, pois tomaram o Podemos dele.

Sem um nem outro
O fato é que Rueda perdeu quase que toda sua base em Santos e em São Paulo. Só resta Urbano Ferrari e Vitor Sion como “mosqueteiros de Rueda”. Até o propalado grupo PRO SANTOS, que queria dar aula de gestão sem nem ter tido um gestor de clube no grupo, já rachou.

Inédito
Se for até o fim, a candidatura Rodrigo Marino será inédita no Santos. Pela primeira vez, desde que Rodrigo entrou na política do Santos que ele e seu tio, o lendário José Rubens Marino (foto), campeão paulista de 1978 como diretor de futebol, estão do mesmo lado. Se não brigarem até o fim da campanha.

rubao

Cueva fugiu
E não é que o meia Cueva abandonou o Santos justamente quando acabou o empréstimo do contrato e quando vai vencer a primeira parcela da compra. E agora José? Tu vai pagar o clube russo ou vai deixar a herança para o seu sucessor resolver na Fifa? O Santos FC terá que pagar R$ 27 milhões ao Krasnodar, da Rússia, por um jogador que não jogou. Parabéns aos envolvidos.

Cueva + Damião = Renato Duprat
Cueva é a segunda maior contratação do Santos em todos os tempos. Só perde para o centroavante Leandro Damião por R$ 42 milhões. O que ambos têm em comum? A presença do empresário e ex-gestor da MSI/Corinthians Renato Duprat (foto) em ambos negócios, auxiliando primeiro Odílio Rodrigues e depois José Carlos Peres. O Santos ainda não aprendeu que este senhor só pensa em ganhar dinheiro com o clube que diz que ama?

duprat

Troféu
O Santos deveria dar um troféu para o conselheiro Clóvis Cimino que descobriu a nefasta presença de Renato Duprat no clube.

Será?
Será que Renato Duprat é o verdadeiro dono da Saga Talent e Peres e Lica eram seus laranjas?

Obrigação de pagar?
No Programa Grande Cículo, do Sportv, José Carlos Peres disse que os contratos de empréstimos no futebol, todos eram com obrigação de comprar como o de Cueva.

Menos no Santos de Peres
Só não explicou porque em sua gestão, que (sic) colocou o Santos em uma nova era (sic), não é assim. É só lembrarmos de Jean Lucas, que veio emprestado do Flamengo sem passe fixado, vendido para a França e o Santos perdendo o jogador no meio do Brasileiro sem ganhar nenhum tostão. E agora Jean Lucas processa o Santos por salários atrasados. Parabéns aos envolvidos.

Padrinho de Jesualdo
Leandro Damião e Cueva não são os únicos afilhados de Renato Duprat no Santos FC. O técnico Jesualdo Ferreira é outro. Vale lembrar que Renato Duprat financiou toda a campanha de Nabil Khaznadar em 2014, por ordem de Odílio Rodrigues, inclusive pagou a vinda do técnico para ver o Santos jogar ao lado de Nabil. E agora impôs o português a Peres. Na foto ao lado, Nabil e Jesualdo no gramado da Vila.

jesualdo

Nabil e Peres
Importante frisar que Nabil, Odílio e seu grupo de apoio em São Paulo e Santos estão fechados com Peres desde o impeachment e indicou Paulo Schiff para o Comitê de Gestão. Tanto que no dia seguinte da aprovação de Schiff no CG, Peres deu uma entrevista à Tribuna e disse que para ele Odílio não cometeu crime algum no Santos… São ou não são do mesmo time?

Vila Rica reunida e dentro da gestão
Ao som de “Like a Virgin”, da Madonna, o grupo Vila Rica e seus sublíderes Pedro Conceição, Caio Di Stefano e Paulo Schiff fizeram uma festa de fim de ano em um badalado restaurante santista. No cardápio, fechamento de questão pelo fim da pré-candidatura de Ronald McDonalds Monteiro e apoio total a Peres com Nabil tomando o lugar de Rollo na chapa e uma estratégia de pressionar Marcelo Teixeira para colocar em votação no Conselho o voto a distância no pleito de 2020. Sem Rollo e as carteirinhas fantasmas, o grupo vê a aprovação como única chance de se perpetuar no poder. Nesse encontro ficou decidido que Schiff, como membro do Comitê Gestor, faz as negociações com Peres, Pedro Conceição e Lúcio Nunes põem em ação o plano de pressionar publicamente Marcelo Teixeira e o Conselho e Ronald e Caio farão a lista de cargos e exigências que o grupo vai pedir a Peres pelo apoio. Gente muito gulosa.

vilarica

Plataforma “Amalela”
A plataforma de campanha da chapa Peres e Nabil está pronta. Será a transformação do Santos em empresa e a venda do clube para um grupo chinês. Uma plataforma “amalela” em homenagem aos chineses que só o Rachid viu da Chapa Santos Gigante.

Ter dono
Peres está indo em todo lugares dizendo que o clube precisa ter dono. Mudou de opinião pois quando fundou a ONG Santos Vivo defendia que o Santos não tinha dono e que Marcelo Teixeira, presidente da época, se sentia o dono do clube.

Comissão
Dizem que a comissão do grupo chinês pela compra do Santos é bem gorda e tem destino certo que não é o cofre do clube. Deve ir pra aqueles que venderão o Santos.

Pressão a distância
Pedro Nunes Conceição (foto), com apoio de seu assessor Lúcio Nunes, já começou a fazer post e descolar entrevistas nas lives do Santos da Vila a fim de tentar convencer a opinião pública a encher o saco do Marcelo Teixeira pelo voto a distância. Apostando na boa relação comercial que Maria Fernanda Malozzi, a popular e muito bem conhecida Mafe, tem com as embaixadas do Peixe, Conceição quer garantir uma eleição fácil para Peres e Nabil.

Santa Casa
Falando em Pedro Nunes Conceição, impressionante seus tentáculos na Santa Casa de Santos e no Santos FC. Vão muito além de venda de planos de Saúde, chegando até mesmo em passagens de avião e de turismo. Estamos apurando e em breve novidades traremos aos leitores.

Só fala
Membro do Comitê Gestor, Paulo Schiff está em descrédito. Falou pelos quatro cantos da Cidade que se demitiria do CG antes do fim do ano, e foi passar o Natal com o grupo, porque não sabe largar o poder.

Ninguém
Schiff estreou recentemente o programa de TV “Opinião 2.0” na TV Cultura Litoral, a TV que não pega na casa de ninguém.

Histórica união
A reunião de Milton Teixeira Filho e Modesto Roma Júnior em um badalado restaurante de Santos, registrada por um paparazzi não identificado, abalou as estruturas da vida política do clube. Afinal, são dois nomes de famílias lendárias no Santos e com muita história no clube.

roma

Since 1978
A união Roma e Teixeira remete a 1978, quando o pai de Roma Júnior lançou seu vice de Futebol e Esportes, o Pai de Milton como candidato a presidente. Perderam para Rubens Quintas Ovalle, mas juntos foram Milton e Modestão que montaram a base dos Meninos da Vila campeões paulistas naquele ano

Estremeceu a Oswaldo Cruz?
A foto estremeceu o lado da Família Teixeira que passa o dia na Oswaldo Cruz. Todos sabem que a relação Modesto e Marcelo não é mais a mesma.

Que parra!!!
A foto, segundo a coluna apurou, foi obra de Orlando Parra, ex-membro do CG de Orlando Rollo (aquele que ficou poucas horas no Poder) e coordenador da campanha de Miltinho. Parra quer mostrar o poder de articulação de seu líder.

Sozinho
Como bom candidato a presidente, Milton Teixeira Filho esteve presente na Vila acompanhando a vitória sobre a Inter de Limeira. Estranho é estar sozinho no estádio como denuncia a foto que ele mesmo publicou no Facebook. Com a quantidade de apoio que Miltinho tem conseguido, com nomes de ex-jogadores como Rui de Rosis (que é vereador e presidente da Câmara), de articuladores como Well Cotoquinho, entre outros, jamais um candidato com essa força deveria estar sozinho no estádio. Aliás é impressionante. Miltinho já falou com todos os conselheiros do Santos sobre sua candidatura, menos com seu irmão e seu sobrinho.

CF já de olho
Detalhe na sempre atenta atuação do membro do Conselho Fiscal, Dagoberto Oliva. Miltinho sequer foi eleito e ele já tá na cola dele, mas convenhamos, prestando pouca atenção como denuncia a foto.

Senna ou Barrichello?
Impressiona a velocidade com que Miltinho Teixeira está divulgando sua candidatura. Não há tijolo da Vila ou asfalto da Cidade que ainda não tenha sido comunicado por ele. Só o final saberemos se Miltinho será o Ayrton Senna ou será o Rubinho Barrichello deste pleito.

Goulart Filho
Um ex-candidato a presidente atento às movimentações acha que Miltinho não conseguirá muitos apoios e que ele é o João Goulart Filho de 2018 na eleição do Santos de 2020. “Se for pro jogo, vai só com o nome do pai”, analisa.

Ninguém entendeu
Pouca gente entendeu o porquê que a turma do Fernando Silva, no Conselho, auto denominada Sem Fronteiras, votou a favor do orçamento apresentado por Peres pra 2020 nas últimas reuniões do Conselho. Votaram sob instrução do funcionário do Santos FC e braço direto de Marcelo Frazão, Daniel Gonzalez.

Infiltrado na gestão
Sobrinho de Fabio Gonzalez (conselheiro e ex-gerente jurídico do Santos na época da famigerada carta que ajudou na fraudulenta venda de Neymar), Daniel está infiltrado na gestão após passar a perna em Rodrigo Fidalgo, da Associação 1912, para cuidar do Santos Masters, que nunca saiu do papel. Conselheiro eleito na chapa de Rueda, Daniel Gonzalez colocou o pé em cada canoa na eleição e se garantiu com Peres. E agora, quer aproveitar que sua turma não tem fronteiras e jogar todos pra dentro da gestão.

Frazão por Fernando e Peres
Daniel e seu patrão Marcelo Frazão trabalham politicamente dentro do clube para que Peres não saía candidato e apoie Fernando Silva (imagem exclusiva de um dos encontros onde o tema foi debatido). Frazão tem feito inúmeras reuniões com os conselheiros da Sem Fronteiras onde articulam essa ação sob pretexto de manter São Paulo no poder no Santos e livrar o Santos do maior problema que são os delírios do atual presidente.

peresilva

Sem mercado
Marcelo Frazão quer ficar no Santos. Está sem mercado, com seus colegas que trabalharam com ele no Flamengo o criticando e ainda tirando sarro por ele não ter conseguido arrumar um patrocínio máster para o Santos em dois anos. No Flamengo, ele era de terceiro escalão no marketing. No Santos, nas reuniões com os conselheiros de Fernando Silva, critica Peres e diz que é do presidente as cavernosas negociações com marcas como a Kicaldo, que Frazão foi contra, mas Peres fechou à revelia de seu marqueteiro. Frazão vê Silva um homem mais de mercado e fechou com Gonzalez que ambos vão fazer Peres poiar Fernando Silva e com votos de ambos serem imbatíveis. Como é possível perceber, como estrategista político, Frazão continua sendo é um péssimo marqueteiro. Se fosse tão bom, como o mercado não lhe quer?

Silva x Conceição
O Canal do Youtube do jornalista Ademir Quintino (foto), intitulado Pronto Falei, foi palco para troca de farpas entre os dois “homens fortes” do futebol de Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro (Laor): Fernando Silva e Pedro Nunes Conceição.

Traição
Em entrevista a Ademir Quintino, Fernando Silva disse que Laor foi traído por seus diretores. Pedro Nunes ficou uma “arara plumada” e exigiu direito de resposta mesmo sem ter sido citado.

Mercado?
Na entrevista de resposta com Quintino, Conceição disse que Fernando Silva se coloca como o dono dos acertos de Laor e se descola de todos os erros. Pedro Conceição disse que Fernando Silva é mesmo um grande gestor do futebol, que fora a oportunidade que ele Pedro deu a Fernando no futebol do Santos, Fernando Silva só ficou poucos meses em apenas dois outros clubes de divisões inferiores: Santa Cruz e Monte Azul. Conceição questiona: “Será que ele é mesmo tão bom? Porque nunca foi cogitado no Palmeiras e em outros clubes?”.

Laor reconheceu o erro I
Importante lembrar que Laor reconheceu ainda em vida que foi um erro apostar nos dois. Prova disso que ele demitiu Fernando Silva após o Mundial de Clubes quando o Santos foi humilhado pelo Barcelona. Só se reconciliaram quando Laor apoiou Fernando Silva presidente em 2014.

Laor reconheceu o erro II
Já em entrevista ao Programa Bola da Vez, em 2014, Laor disse que a nomeação de Pedro Conceição foi um de seus maiores erros. “Ele não conhece nada de bola. Sabe nada de futebol”, disse o “saudoso” presidente que foi doente acompanhar o Santos ser goleado em Barcelona, acompanhado da filha que mandou a torcida para aquele lugar quando cobravam Laor da segunda goleada sofrida contra o Barcelona.

Lula da Vila
Fernando Silva vai ser candidato a Presidente do Santos em 2020. É a terceira vez que ele tenta o cargo, a primeira foi em 2001 (perdeu para Marcelo Teixeira), a segunda em 2014 (perdeu para Modesto Roma Júnior), para quem perderá em 2020? Diante da insistência por décadas, Fernando Silva está sendo chamado de “Lula da Vila”, não o técnico multicampeão, mas o ex-presidente mesmo.

Start up Octagon Koch Tavares
A plataforma de campanha de Fernando Silva será similar à ideia da Octagon Koch Tavares, que ele vendeu a Marcelo Teixeira em 2000 e contra ele na campanha de 2001. Ele vai se apresentar como “empreendedor digital” e apostará nos “unicórnios da web” para trazer recursos para o Santos. Algo similar as bitcoins, de Roberto Diomedi, que ia fazer o propalado “retrofit” da Vila e sumiu.

Água virtual mata a sede?
A verdade é que o “unicórnio” de Fernando Silva, chamado de PWTech, vende “água virtual”. Será que a água dele mata a sede?

Conto da Carochinha II
A história de ter “investidores virtuais” para o clube é também mais um conto da carochinha do Santos FC, assim como o conto dos “endinheirados”. O que ninguém responde é quem pagou o salário de Robinho em 2010 e de Neymar até 2013, que seriam “investidores”. Foi, obviamente o clube!

Jatene prefeito-presidente
Celso Jatene, ex-presidente da Jovem, conselheiro efetivo e vereador em São Paulo, é um político sem bandeira. Afinal, foi secretário de Fernando Haddad (PT) e é da base de Bruno Covas (PSDB) na Câmara. Mas decidiu encerrar a carreira em 2020. Vice-presidente da Câmara, vai assumir a Prefeitura quando Bruno Covas se afastar do cargo, uma vez que não será candidato e não sofrerá nenhuma sanção. Será que Jatene será candidato a presidente do Santos em 2020?

Ex-patrão da Danda
Pouca gente lembra, mas Celso Jatene foi apoiador da ONG Santos Vivo de Peres em seus primórdios. Chegou a dar emprego para a filha de Peres, Daniella Rocco Peres, a princesa Danda, em seu gabinete. Não se sabe o por que que após pouco tempo ela foi demitida, mas dizem que a Guarda Legislativa de São Paulo sabe as razões.

Pronta para o bote
Falando em Jatene, em uma das últimas reuniões do Conselho, ele, que é delegado de formação, passou horas conversando com o vice-presidente Orlando Rollo, que é investigador. Apesar da formação policial, ambos não tomaram cuidado e quase foram picados pela cobra atrás da pilastra como mostra a foto ao lado. Ela estava pronta para o bote.

Chateado
Não convidem para comer pipoca no jogo da Briosa, Eduardo Filetti e Valter Conde Lopes. O veterinário ouvidor do Santos está chateado com Conde. Ambos estavam montando uma chapa independente e Conde largou a montagem alegando não ter coragem para o desafio de dirigir o Santos e declarou a Filetti que vai apoiar Miltinho Teixeira. Em virtude da briga de Miltinho com os irmãos, que o empregam na Universidade Santa Cecília. Com isso, essa via implodiu o que deve facilitar a composição Roma e Miltinho, segundo articuladores do encontro.

Comissão dos sócios
É assustador o relatório da Comissão da Secretaria Social feita pelo Conselho Deliberativo. Em 2018 teve mais gente se associando ao Santos do que quando o Peixe foi campeão da Libertadores em 2013. E olha que estamos falando do time de Jair “A” Ventura.

Auditoria já!
Pedimos que Marcelo Teixeira e a Mesa do Conselho contratem logo uma auditoria independente para investigar o caso.

Voltar aos tempos de MT
A verdade é que o controle da Secretaria Social deveria voltar a ser como era na gestão de Marcelo Teixeira. Dentro do clube. Chega de CSU, Redegol e mesmo essa patética empresa do Rio que Frazão escolheu e que tratam o sócio do Santos como gado.

Jantado até pela Prefeitura
Antes localizada na Avenida Ana Costa, a barraca de praia do Santos foi realocada no Canal 5, nas proximidades do BNH da Aparecida. Saiu do melhor ponto da praia pra um dos piores.

Magoou
A união mostrada essa semana entre João Doria, Marcelo Teixeira, Paulo Alexandre Barbosa e José Carlos Peres deixou bem magoado o ex-governador e torcedor do Santos FC, Márcio França, inimigo número 1 de Dória e ex-aliado dos outros três.

Esqueceram de mim
O distanciamento com França é tanto que fez com que o deputado estadual Caio França, filho do ex-governador, fosse desprestigiado na inauguração do Ginásio Antonio Jorge Nóbrega no M. Nascimento na última segunda-feira (27). Caio não foi citado entre as autoridades presentes na inauguração pelo cerimonial da Prefeitura. Dizem que foi a pedido da equipe de Dória.

Raízes no Santos
Em tempo, justifica-se a homenagem a Antonio Nobrega no novo ginásio. Ex-dirigente esportivo, com início no voleibol, Nobregão como era conhecida militou por diversas áreas esportivas. Inclusive no Santos FC, onde além e ter sido conselheiro e ter atuado com o Voleibol, criou, ao lado do então diretor Esmeraldo Tarquínio Neto, e com o gestor esportivo Wilson Santoro, as Escolinhas Meninos da Vila em 2003, que geram até hoje receita ao Santos e revelaram o volante Thiago Maia, que além de títulos, rendeu um bom dinheiro ao clube quando foi vendido à França.

Grudou no Corró
Presente, mas pouco prestigiado na inauguração, José Carlos Peres arrumou um jeito de falar com todo mundo. Grudou no tricampeão Clodoaldo de uma maneira implacável. Nem a habilidade de drible de Corró conseguiu se livrar de Peres. Vale lembrar que Peres demitiu Clodoaldo da função de gerente de futebol do clube e o volante não gosta da fuça do bigodudo.

De canto
Na inauguração sequencial, no novo complexo da Santa Cecília TV, Peres chegou atrasado (como sempre) e ficou de canto até encontrar o conselheiro Emerson Cholby, que lhe deu alguma atenção explicando onde era o banheiro. Como era perto do elevador, Peres aproveitou e fugiu do evento.

Alerta sem nata
Celso Leite, ex-presidente do Conselho Fiscal, fez um alerta gravíssimo em seu Facebook. Reproduzimos na integra o alerta de Leite que merece ser apurado no Conselho e providências devem ser tomadas por aqueles que tem o poder de defender o clube que dizem que amam: “Gravíssimo ..que os responsáveis percam seus cargos imediatamente. O que mais pode acontecer de falta de respeito com SANTOS FC. O CF precisar ser protegido pelos Conselheiros e verdadeiros Santistas.Mais uma vez por lambanças por parte do CG corremos o sério risco de sermos expulsos de TODAS AS COMPETIÇÕES DO ANO DE 2020, além de outras sanções por parte da CBF/Conmebol. Não fosse a vigilância atenta dos componentes do CF esse poderia ser o resultado final de algo totalmente inexplicável.Hoje, 31/01, é o prazo final que os clubes tem para enviar a documentação e obter a licença de jogos para as competições no continente durante 2020, e pasmem, até esta data ainda não enviaram ao órgão máximo o ORÇAMENTO APROVADO PARA O ANO DE 2020, sendo que o mesmo foi aprovado pelo plenário há mais de 2 meses.Mas não para por ai, ao serem questionados sobre o cumprimento desta obrigação foi descoberto que a versão orçamentária que seria enviada NÃO ERA A APROVADA PELO PLENÁRIO DO CD E SIM A REMETIDA PELA PRIMEIRA VEZ PELA GESTÃO DE RECHAÇADA DE BATE PRONTO POR SER TOTALMENTE FORA DA REALIDADE. O envio desta informação ERRADA também nos colocaria em situação exposta de alijamento das disputas pois a norma é clara ao afirmar que o ORÇAMENTO TEM DE SER O APROVADO PELOS ORGÃOS INTERNOS E FISCALIZADORES DO CLUBE. Muitos dizem que foi um erro. Muitos mais dizem que foi uma tentativa de fraude pois é inadmissível que a gestão desconheça qual a peça orçamentária aprovada.Os conselheiros estão se articulando no sentido de cobrar para que haja uma apuração RIGOROSA sobre esse lamentável episódio na vida administrativa do clube e uma punição mais que exemplar aos IRRESPONSÁVEIS que provocaram esse ato. Já fomos desclassificados de uma libertadores por erro de gestão.Agora mais essa.SIMPLESMENTE INADMISSÍVEL QUE SE COLOQUE O FUTURO DO CLUBE EXPOSTO DESTA FORMA POR PURA IRRESPONSABILIDADE SEJA ELA POR AÇÃO OU OMISSÃO, POR BOA OU MÁ FÉ, AFINAL O ORÇAMENTO É A BASE PARA SE APURAR UM DOS CRITÉRIOS DE CONFIGURAÇÃO DE GESTÃO TEMERÁRIA, PORTANTO QUANTO MAIOR MAIS LIBERDADE DE AÇÃO E ERROS DÁ AO GESTOR. Isso tem de ser apurado até as últimas consequências com punição severa aos responsáveis. #EUAPOIOOCD #EUAPOIOOCF”

Chororô
Voltando ao Grande Círculo de Peres (por mais estranha que a frase pareça) foi um sarro ver ele reclamando do orçamento feito pelo Conselho Fiscal ao clube. Ele queria o quê? Autorização prévia para atolar o Santos em empréstimos? O orçamento que ele apresentou previa vender TODO O TIME DO SANTOS. Se fosse aprovado ele pediria empréstimos com uma previsão de receita impraticável.

Cheque em branco
Mas convenhamos, quem não quer um cheque em branco pra fazer o que quiser? A decisão do Conselho Fiscal, referendada pelo Conselho Deliberativo, foi a mais correta.

Ninguém quer
Impressionante como as ações de Luiz Polaco na Santa Casa, onde abusou de seu poder enquanto foi vice-provedor, o queimaram até no Santos FC. Nenhum dos quase 9 candidatos a Presidente no momento procurou Polaco para ter seu apoio. Em outros tempos, seria um dos coordenadores de campanha. É triste ver um homem acabar com sua reputação por decisões erradas ao fim da vida.

Impedido
Vice-presidente eleito do Santos, Orlando Rollo está impedido pela segurança de colocar os pés no segundo andar da Vila. Quando vai ao conselho é escoltado. Um absurdo fazer isso com um vice eleito pelos sócios.

Ilegalidade
Peres está descumprindo o Estatuto do Santos gerando mais uma ilegalidade. Apesar de Rollo ter voltado as suas funções há mais de três meses, ainda não foi convocado para nenhuma reunião do Comitê Gestor, ao qual faz parte.

Comunicou
Rollo disse a amigos que já informou o presidente do Conselho deste descumprimento estatutário e que espera que o mandatário do Conselho tome atitude em defesa do Estatuto.

Pipoca
Enquanto isso, Rollo está no sofá comendo pipoca e assistindo de camarote as trapalhadas de Peres, Pedro Dória e dos pré-candidatos a presidente do Santos.

Solidário
No próximo dia 8, no Brasil FC, Orlando Rollo vai promover seu Futebol Solidário, evento que faz em todo seu aniversário. Serão recolhidos mantimentos para os carentes de Miracatu. O jogo será amigos do Orlando Rollo contra o Selecionado Paulista Master. A partida começa às 11 horas, depois confraternização com churrasco.

Rollo de Marketing
Apesar de não ter Frazão como seu marqueteiro, Orlando Rollo conseguiu 13 apoiadores para seu evento, cobrindo todos os custos.

Peres vai?
A pergunta que não quer calar é se José Carlos Peres foi convidado e vai comparecer ao jogo solidário de aniversário de Rollo? Dizem que a Camisa 10 do time dos Amigos do Rollo está pronta para o presidente do Santos.

Odir repetirá a atuação?
Outra pergunta que fica no ar é se Odir Cunha, vulgo Espírito Santos, vai jogar? A última vez que Cunha atuou na partida, em 2018, jogou na meia muito melhor que qualquer partida de Cueva no Santos.

Marina Silva
Quem será o pré-candidato a presidente do Santos FC está sendo chamado por conselheiros de candidato Marina Silva do Santos FC?

Porcina
Tem um outro pré-candidato que está sendo chamado de Viúva Porcina, que é candidato desde 2014 sem nunca ter sido.

MP em Bertioga
Um grupo de moradores de Bertioga vai entregar denúncia no Ministério Público essa semana com um pedido para que investiguem o vereador Matheus Rodrigues. A reclamação dos moradores é que o vereador tem faltado em sessões da Câmara e em eventos na Cidade para ficar no Santos FC, onde faz parte do Comitê de Gestão.

Rei Pelé em Bertioga?
Um dos moradores nais indignados, que entrou em contato com a coluna, questiona se a Secretaria do Patrimônio da União (SPU) entregou o terreno do CT Rei Pelé ao Município de Bertioga e não avisou o prefeito Caio Matheus?

Invictus
Presidente mais antigo do Santos ainda vivo, Rubens Quintas Ovalle (foto), é conhecido pela invencibilidade eleitoral. Em todas as eleições no clube, seu candidato ganhou desde 1978 até agora. Ovalle ajudou se elegeu depois declinou apoio algumas vezes a Marcelo Teixeira, depois a Miguel Kodja, Samir Abdul Hak, Luis Alvaro e por fim José Carlos Peres.

Ingratidão
O comerciante Ally Sayah, proprietário da Andisport Praiamar, está com muita raiva de José Carlos Peres, assim como quase todos que vestiram a camisa azul da chapa “Somos Todos Santos” também estão. A ingratidão é o motivo. Um dos maiores doadores financeiros à campanha vitoriosa de Peres à presidência do Santos FC, Ally nutria esperança que o clube iria melhorar e que faria de sua loja um ponto de venda de ingressos. Para isso, fez uma vultosa doação à campanha. Fechou negócio tomando um café no Shopping Praiamar com Peres e Rollo. Depois da vitória, Peres o bloqueou no whatsapp e ainda processou a empresa de Ally, a Andisport por ela fazer uma promoção com o Santos Tsunami, time de futebol americano do clube que tem ligações com o vice Orlando Rollo. Ally foi buscar até as imagens de segurança do shopping para atestar a veracidade do acordo dele com Peres em 2017.

Tsunami
A indignação tomou conta de Ally quando ele recebeu em sua loja advogados e oficiais de justiça com acusações de venda de produtos piratas, e eram as camisas oficiais do time de futebol americano do Santos. Comerciante honesto, Ally acha que essa foi a maior injustiça que teve na vida.

Falta de transparência
Fato é que após o acontecido com Ally, todos os doadores de campanha de Peres pretendem se reunir e pedir prestações de contas do que foi feito com o dinheiro, pois até hoje nada foi apresentado. Nem mesmo uma satisfação. Os doadores da campanha alegam que após a vitória de Peres nunca mais foram recebidos por ele.

Justiça
A verdade é que Peres tentou acabar com o Santos Tsunami, levando a discussão à Justiça em decisão que ainda não aconteceu. Portanto, o time segue com o vínculo com o Santos.

Recordar é viver
Vale lembrar que Peres foi obrigado a pagar R$ 7 mil pela Justiça após dar calote no Bar Básico onde fez a festa da vitória de sua eleição. Perdeu e pagou direitinho.

Xarope prefeito
Conselheiro do Santos, Luiz Fernando Cardoso (foto), membro do Comitê de Gestão de Orlando Rollo, está procurando legenda para sair candidato a prefeito de Santos. Quer usar a campanha municipal para metralhar José Carlos Peres, a quem chama de traidor e fortalecer o laço do clube com a cidade.

xarope

Facão
O facão tá correndo solto na Vila Belmiro. Foram demitidos Carlinhos, um funcionário com quase 20 anos de casa que estava lotado no Patrimônio, o assessor do CT, o carioca Thiago Pereira (conhecido pelo apelido de filhote do Frazão), e Vinícios Oliveira, que estava na assessoria de imprensa do clube desde a gestão Luis Alvaro.

Quarta troca
Não é só no futebol que Peres faz troca-troca constante de gerente. Na Assessoria de imprensa também. É o quarto que ele demite em menos de três anos.

Injustiça
A demissão de Carlinhos revoltou conselheiros e funcionários do Santos. Era um homem trabalhador que dava a vida pelo clube.

Brigue por seus direitos
O pior é que estão sendo demitidos e sem receber seus direitos. O clube os manda entrarem na Justiça, o que sai muito mais caro, pois tem as custas judiciais, tanto para o funcionário como para o clube. Gastar mais é a nova era que Peres prometeu?

Lista de Schindler
Mais demissões ocorrerão segunda-feira (3). Dizem que Maneco, Ivoni Pretinha, Jorge Motorista e outros históricos funcionários serão dispensados por ordem de Fernando Volpato. Peres pede renovação e acha que esses “velhinhos” não servem mais.

Impedidos
Esses funcionários faziam parte da primeira lista de dispensa de Peres, mas suas demissões foram seguradas pelo CG após manifestação do vice. Agora que o vice está impedido de participar, não tem quem impeça Peres de dispensá-los.

Base detonada
Impressionante a devassa que Peres e Lica fizeram na base do Santos. Os times só perdem e não se salva ninguém.

Quando estreiam?
A pergunta que não quer calar é quando Lucas Yanasse e Porozo estreiam no time profissional do Santos. Afinal, não eram o novo Neymar e o novo Mirna?

Candidato se mudar o estatuto
Diretor da CET Santos, famosa indústria de multas da Cidade, o conselheiro efetivo do Santos FC e ex-vereador, Murilo Barletta, trabalha nos bastidores para mudar o Estatuto para que o presidente seja remunerado. Quer fazer a mudança pois quer se candidatar a presidente e vê que essa é a única forma que viabiliza seu nome. Barletta não quer injeção na testa grátis?

Técnicos Brasileiros x Peres
O grupo de whatsapp da Associação dos treinadores do Brasil ficou em rebuliço após a saída de Sampaoli do Santos FC. O técnico Cuca detonou o presidente do Santos, José Carlos Peres no grupo, e foi subscrito por Levir Culpi e Paulo Autuori. Se Jesualdo cair, dificilmente Peres vai conseguir contratar um treinador brasileiro de primeira linha. Fez a fama, deita na cama.

Recado ao Menininho de Ouro
Não tenho medo de você. Pode vir me ameaçar de novo na rua, pois não temo frangote e gente de nível baixo. Mas saiba: quem está disposto a bater, tem que estar disposto a apanhar. Como diz teu amado presidente, Entendeu ou não?

A conferir!