A cópia perfeita dos dentes que faltam na boca já é uma realidade na odontologia. A técnica exclusiva é realizada por somente uma cirurgião dentista credenciada em toda a Baixada Santista, a Dra. Rose Marques. “Cllones” foi desenvolvido por Paulo Kano, professor internacional de Prótese e Dentística Restauradora. O método já foi implantado em 44 países.

A técnica consiste em utilizar um scanner intraoral (de boca). Por exemplo, se o paciente não tem três dentes do lado direito, o profissional escaneia o lado esquerdo da boca e o computador faz um clone dos dentes que o paciente tem. Na sequência, após ser feita a impressão do modelo em 3D, o dente é fresado. Outro exemplo, é uma mulher que perdeu todos os dentes. A técnica pode, por exemplo, reproduzir semelhantes aos de um parente e implantá-los. ” Nós chamamos a filha que tem os dentes parecidos aos da mãe e escaneamos os dentes dela. Conseguimos imprimir em 3D e todos são adequados à boca da mãe”, afirmou a cirurgiã dentista.

dentese2

Essa nova técnica envolve as mais avançadas tecnologias CAD/CAM, permitindo extrair o máximo de precisão, qualidade e rapidez, na obtenção de restaurações cerâmicas. Possibilita ainda maior previsibilidade de resultados e diminuição de importantes passos clínicos e laboratoriais, dispensando enceramentos para a realização de diagnósticos e mock-ups. O procedimento é composto por bancos de dados digitais ou modelos físicos, permitindo a criação ilimitada de sorrisos, por meio de inúmeras composições dentais, incluindo a transferência hereditária de pacientes consanguíneos.

O uso de mecanismos digitais torna possível a usinagem micrométrica, superior ao que poderia ser alcançado pelas habilidades humanas, isso permite precisão no encaixe das peças cerâmicas, promovendo uma perfeita cimentação.

O método viabiliza a confecção de lentes de contatos (facetas laminadas), coroas totais, reabilitações bucais completas, próteses sobre implantes e guias cirúrgicos. Resultando em uma estética personalizada, de acordo com a escolha do paciente.

contatos3

Para aplicar o novo método, a Dra.Rose fez um curso específico. Ela explica que a tecnologia existente utilizava uma máquina chamada Cerec.O equipamento escaneava o dente e o entalhava em um quadradinho de porcelana. A peça era desgastada por uma fresadora até ficar do tamanho exato. Porém, o máximo que se conseguia produzir de uma vez, eram três dentes, já que os blocos de porcelanas à disposição no mercado eram pequenos.

A empresa europeia Amann criou uma fresadora que é capaz de fazer todos os dentes da boca de uma só vez. O 3Shape é um scanner que consegue se comunicar com a fresadora e com a impressora. Um sistema aberto. O profissional escaneia, pode imprimir o mock-up (lentes de contato) e fresar o dente.

Caso o paciente perca o dente central, a máquina escaneia e consegue fresar esse dente Isso aplica-se a 14, 28 ou todos os dentes. “Hoje, a impressão em 3D substitui o gesso. Você imprime o modelo da boca e, assim, o protético consegue fazer uma peça melhor”, disse Dra. Rose. Ela explica ainda que é o fim dos dentes padronizados, muitas vezes, sem levar em conta a anatomia do paciente, seu estilo. “Agora, em menos tempo, o trabalho é melhor”.

“Hoje, temos uma biblioteca com mais de 3 mil bocas humanas. Fora isso, a
máquina imita a natureza e usa as informações da boca da pessoa, até a cor dos outros dentes é copiada”, diz Rose.
Smile Designer

O avanço da tecnologia fez surgir no mercado o Smile Designer ou Designer de Sorriso. Esse profissional fotografa a boca do paciente e coloca na tela do
computador. Ali, os dois decidem se os dentes serão mais curtos ou longos e os
detalhes que ele quer. A partir da aprovação, ele pode fazer um mock-up motivacional e fresar o dente.

Outra novidade é se a pessoa está infeliz com seu sorriso é possível desenhar dentes brancos e cimentá-los, como fossem lentes de contato. Os “dentes” de resina (mock-ups) são colocados temporariamente. Por aí, o paciente vê como vai ficar com o novo sorriso e pode mostrar para familiares e amigos.

Mock-up motivacional

Hoje é possível fazer um tipo de “test-drive” antes do tratamento definitivo. Isso
determina uma evolução na relação de confiança entre o dentista e seu paciente, além da satisfação no resultado final do tratamento.

O mock-up permite que o dentista mostre seu planejamento estético sem que nenhum desgaste dentário seja feito. O tratamento permite que o paciente participe lado a lado da construção de seu futuro sorriso.

Antes desse tipo de tratamento, quem procurava a odontologia estética precisava confiar inteiramente no profissional o design do sorriso e nem sempre o resultado era o ideal.

Hoje, caso o paciente não fique totalmente satisfeito, o dentista pode realizar novo planejamento e fazer outro mock-up realçando todos seus desejos.

Mesmo sendo provisório, o mock-up é feito em resina bisacrílica, com aspecto
semelhante aos dentes naturais, possibilitando a utilização por algum tempo antes de realizar o procedimento definitivo. Tudo isso garante que o paciente se acostume com a estética e a parte funcional do seu novo sorriso.

O mock-up pode ser utilizado por pessoas com dentes separados, muito curtos, escuros, amarelos, tortos, sem alinhamento e podem transformar o sorriso. A tecnologia permite a utilização das lentes de contato dentais antes de procedimentos
estéticos.

Dra. Rosemeire Aparecida Marques

Cirurgiã dentista, 47 anos, formada pela Faculdade de Odontologia de Lins
(SP), em 1992, Rose Marques especializou-se em Implantodontia e Estética.
Orgulha-se de ter contribuído em sua área profissional com diversas
inovações, sendo a mais expressivo delas o seu pioneirismo em reabilitação
oral em 24 horas.
Possui mais de 160 certificados de cursos de especialização e
aperfeiçoamento, além de participação em congressos, palestras e
workshops no Brasil e no Exterior, estágios na Alemanha, além de cursos
suplementares em área afins, como hipnose, acupuntura, neurolinguística,
reike e relaxamento para proporcionar ao paciente o máximo de afetividade e
conforto durante o tratamento.
Já atendeu mais de 7.500 pacientes de várias regiões do Brasil e exterior e
confeccionou 47 mil dentes. Também é precursora em Targis-Vectris e
Empress (Metal Free), ministrando cursos e dando palestras sobre essas e
outras técnicas.

Mais informações no site www.esteticadental.com.br