Lembro que eu era pequeno e todos os dias ia ao supermercado comprar leite e, se não chegasse até determinada hora, o Leite C acabava e ficávamos sem o produto em casa. Comer carne era um luxo desfrutado uma vez por semana. Tempos depois, lembro que os postos de gasolina fechavam à noite e também aos fins de semana. Eram tempos sombrios de ditadura militar.

Hoje, para desespero dos críticos dos “comunistas” da Venezuela e Cuba, conseguimos nos igualar em vários aspectos aos dois países. Não podemos esquecer que os dois sofrem embargo econômico principalmente dos Estados Unidos, o que explica muita coisa.

Sob o comando de um governo corrupto, impopular e irresponsável estamos presos dentro do nosso espanto.

Você acredita mesmo que uma categoria sem comando aparente conseguiria parar um País inteiro? Não podemos ser ingênuos. Os caminhoneiros autônomos sempre foram organizados e travam uma luta antiga com as grandes transportadoras por melhores fretes e condições de trabalho.

Que existem empresários envolvidos nisso tudo, até o incompetente governo Temer sabe disso.

O que me causa espanto é que alguns caminhoneiros pedem uma intervenção militar dentro de um movimento legítimo e distorcem o objetivo da luta. Caso estivéssemos nas trevas novamente, com certeza, a borracha já havia descido no lombo dos trabalhadores e muitos estariam presos, mortos ou desaparecidos.

Lamentavelmente, ainda vivemos em uma democracia frágil e os oportunistas sempre estão de olho nisso. Temos um presidente com 77 anos e que está com as vísceras de seu governo à mostra. Não tem nenhuma vocação para administrar nada. É o maior representante da velha política e tenta mostrar alguma juventude ao desfilar com uma esposa que tem idade para ser sua neta. Apenas um político no poder.

Perdeu o comando de tudo e só sabe acenar com a repressão e a violência para acabar com o movimento. Virou um cadáver insepulto. Rodeado de incompetentes e de figuras carimbadas que orbitam o poder há décadas. Como esperar algo diferente diante de um cenário desses?

Hoje, não existe combustível, gás de cozinha, há problemas de abastecimento e uma séria crise social. Quase 28 milhões de pessoas desempregadas, vivendo de bico ou que simplesmente desistiram de procurar algo. Será que teremos uma Greve Geral?

Não acredita no caos social? Faça um pequeno teste. Faça um perfil no Linkedin e coloque que você tem mais 50 anos de idade. Perceba a quantidade de empresas interessadas na sua mão de obra. A realidade é que você, mesmo experiente, vai ser excluído.

Esse é o cenário de um país não governado por velhos, mas por velhacos.

A conferir.