Acompanhe o debate com os candidatos a presidente do Santos FC

21horas – Os candidatos a presidente do Santos Futebol Clube começam a chegar à Santa Cecília TV para o debate das 22 horas.

Nabil Khaznadar, Andres Rueda e José Carlos Peres já estão a postos. Modesto Roma Júnior ainda é aguardado;

21h07- O candidato Modesto Roma chega aos estúdios da Santa Cecília TV.

21h09- O debate não começou, mas o candidato Nabil Khaznadar protestou em redes sociais contra a escolha dos jornalistas que farão perguntas aos candidatos. Ele garantiu que dependendo do jornalista escolhido para fazer uma pergunta a ele, em sinal de protesto, não vai responder.

21h14- Os jornalistas que farão perguntas aos candidatos são:

Ted Sartori; Lucas Musetti; Vitor Anjos, Samir Carvalho; Orion Pires e Rodrigo Martins.

21h31- Três candidatos de oposição aguardam o início do debate.

21h45- Família Teixeira, o apresentador Irineu Alves e todos os candidatos a presidente do Peixe.

21h53- Andres Rueda e Nabil Khaznadar já estão em seus lugares para o debate.

 

21h59 Do outro lado, Modesto Roma Júnior e José Carlos Peres.

22h02- Começa o debate. Irineu Alves apresenta os candidatos e as chapas concorrentes

22h03- Sorteio do candidato vai fazer suas considerações iniciais. Nabil foi sorteado. 2 minutos.

22h04- Nabil fala em planejamento e definir um técnico para 2018. Ele se apresenta. Tem 57 anos, casado e duas filhas. “Dê a chance para o Santos Que Queremos”, diz.

22h05- Nabil fala em levantar o gigante (Santos) que está adormecido. Diz que foi da Torcida Jovem.

22h07- José Carlos Peres se apresenta e diz que ficou em segundo na última eleição. ” O Santos pede socorro”. Diz que quer acabar com as notícias ruins no clube. Ressalta que sua chapa é de coalização. “Vou indicar um integrante de cada chapa para o Comitê de Gestão se eu for eleito”.

22h09- Andres Rueda fala agora. Casado, 61 anos. Empresário do ramo de tecnologia. “O sócio é o verdadeiro dono do clube”. Falou em resgatar a relação do sócio com o clube.

22h11- Fala Modesto Roma. Cumprimenta todos os candidatos. Fala que o clube foi o primeiro a ter eleição direta para presidente de clube. “O sonho de todo santista é ter um Santos forte e vibrante”. Ele lembra que o clube ganhou dois títulos paulistas, vice da Copa do Brasil e é segundo no Brasileirão. ” Vamos restaurar nossa casa”.

22h16=- Candidato pergunta para candidato. Réplica e tréplica. Nabil para Roma

22h16- Pergunta sobre a dívida do clube e sobre a base. “O que pensa para o futuro do clube?

22h17= Modesto diz que Nabil não fala a verdade e não conhece a realidade do clube. Fala das dívidas herdadas de Odílio Rodrigues, apoiado por Nabil à época.  Citou que o clube na gestão de Odílio vendeu vários jogadores.

22h18= Nabil fala que Modesto mente. Diz que não foi a favor de venda de jogadores e que isso à época não era permitido, no fim da gestão.

22h19- Roma diz que tem um parecer sem ressalvas sobre as contas do clube.

22h21- Pau quebra entre Nabil e Roma. Roma consegue um direito de resposta por ter sido interrompido por Roma.

22h22- Roma pergunta para Peres. Negociações de direito de TV foram feitas por Peres em 2010. ” Como foram as negociações com as emissoras de TV?

22h23- Peres diz que a negociação foi feita pelo G4 e obteve êxito e trouxe R$ 10 milhões ao clube. A FPF não esteve envolvida que ficou com uma comissão.

22h25- Roma diz que o presidente da FPF, em 2015, manda carta dizendo que Peres teve passagem inexpressiva pela FPF e que teria pedido comissão na negociação.

22h26- Peres diz que o G4 criou uma indisposição nesta questão.

22h26- Rueda pergunta para Nabil. Fala sobre custo de campanha. ” Chegou a ter propostas de empresários investir na campanha e negamos. Qual sua opinião sobre isso?

22h27- Nabil diz que avisaram aos sócios e vão esclarecer tudo e farão uma Portal de Transparência se forem eleitos. ” Queremos tudo transparente. Nossa chapa para o Conselho não terá ninguém empregado no clube”.

22h29- “Existe almoço grátis?” . Nabil diz que não pode existir apoio de empresário.

22h30- Peres pergunta para Rueda. “O que você viu no Comitê de Gestão?

22h31- Rueda ficou oito meses no clube. Pediu a demissão de dois funcionários e a gota d´água foi a venda de Geuvânio.

22h32- Peres falou do CG e anunciou os componentes para o Comitê de Gestão. Para atuar com ata, Portal de Transparência. Quatro vagas para as outas chapas. “O Santos precisa de menos ódio e mais gestão “.

22h34- Fim do segundo bloco. No terceiro, jornalistas fazem perguntas para os candidatos a vice (Orlando Rollo, Fábio Piery, José Renato Quaresma e Cesar Conforti).

22h40- Perguntas para os  candidatos a vice-presidente

Primeira pergunta do jornalista Samir Carvalho pergunta para Cesar Conforti.

“O Peres participou da gestão Modesto. Foi uma contratação política?

Conforti responde que foi dada uma condição politica ao Peres e o resultado não foi bom.

Orlando Rollo comenta. O presidente da FPF disse que eu (Rollo) fosse 1% que foi Peres seria ótimo.

22h42- Lucas Musetti pergunta para Quaresma. “Você era muito atuante no CG. Qual foi a motivação pra sair?

“Várias. Queríamos administrar com discernimento, linhas de conduta. Foi tumultuando. Contratação colocadas à mesa. Sem discussão. Saída culminou com a contratação de um treinador.  Pedi para ser demitido”.

Conforti comentou que a história foi um pouco diferente. Disse que Quaresma participou da contratação.

Orion Pires pergunta para Rollo. Perguntou sobre união das chapas. “Fizemos um grande esforço para isso. “Tentamos trazer as outras chapas. Chamamos Rueda e Nabil. Só não queríamos  pessoas ligadas a Odílio Rodrigues. Todos foram convidados. Precisamos unir o Santos”.

Fábio Pierry comentou. ” A chapa era do Laor e Odílio. A Chapa Santos que Queremos é a única oposição”. Piery é interrompido e pede seu tempo de volta. Ele diz que ele e Nabil não recebem salários do Santos.

Ted Sartori pergunta a Pierry sobre o Pacaembu. ” Nós tivemos um encontro com o secretário e o presidente da SPTrans. Existe uma liminar proibindo shows. Essa licitação quer show e a associação não quer. Estamos alinhavando o aluguel por três anos. Vamos mandar jogos aqui e em São Paulo”.

22h53- Quaresma concorda com Pierry, mas teme o pagamento do aluguel e mais uma despesa. “Precisamos medir a capacidade financeira do clube”.

No quarto bloco, os candidatos a presidente respondem perguntas dos jornalistas.

22h57- O jornalista Rodrigo Martins pergunta para Modesto Roma. Ele pergunta sobre o mando de campo e nova arena.

Modesto Roma diz que a Vila Belmiro é um território sagrado. “Na nossa gestão, 17% dos mandos foram no Pacaembu. Pagamos R$ 100 mil para jogar lá. Temos algumas limitações para atuar lá. A renda dos jogos não é preponderante. Temos projetos para um novo estádio e duas áreas que estamos estudando. Porém, a Vila é nossa casa”.

Rueda fala que o clube não tem condições de ter uma arena. “Houve um investidor que faria uma arena, mas o santos ficaria com 40% depois de 20 anos”.

Vitor Anjos pergunta Rueda sobre o empréstimo feito para pagar o Lucas Lima. Questiona se se arrependeu disso. Ele disse que fez um empréstimo e o dinheiro depositado na conta do Internacional. “Emprestei sem juros e foi tudo pago”.

Roma confirmou que houve o empréstimo e fez uma trabalho em prol do Santos FC.

23h07- Ted Sartori pergunta sobre participação de Peres na administração Modesto Roma. ” Sempre falei de gestão compartilhada. Fui convidado pelo Marcelo Teixeira. Nunca pedi emprego. Houve um contrato com a China e não tive estrutura. Em janeiro, ele saiu candidato e eu me afastei”.

Nabil Khaznadar citou que Marcelo Teixeira é quem manda no Santos FC. Disse também que Peres trabalhou em todas as gestões.

23h09- Musetti pergunta sobre o paradeiro de Odílio Rodrigues a Nabil. Ele diz que era conselheiro de Laor, Teixeira, Samir, e Miguel Assad. “Se vocês não encontram o Odílio, muito menos eu”.

23h11- Peres pergunta por que Nabil rejeita o nome de Odílio Rodrigues. ” Fui indicado pelo Marcelo. Tenho orgulho disso. Ao contrário de você que rejeita seu chefe. Odílio”.

Quinto bloco do debate. Candidato pergunta para candidato.

23h17 Peres pergunta para Roma por que a dívida não para de crescer?

23h20 – Roma nega o crescimento da dívida  e diz que Peres não conhece as contas do clube. “Não estou faltando com a verdade”.

Roma diz que Peres mente e cita o relatório do Conselho Fiscal mostrando a mentira. “Temos uma gestão séria, não mentirosa”.

23h21- Rueda pergunta para Peres sobre a Base do clube. Ele citou um escândalo de corrupção na base.

23h23- Peres diz que não sabia do caso e promete uma reformulação completa no setor se for eleito. Citou que o clube perdeu a vez para um time da Capital.

23h24- Citou que superávit dito por Roma e lembrou que nesta segunda foi divulgado que Ricardo Oliveira está há quatro meses sem receber Direitos de Imagem.

23h25- Peres diz que tem a mesma informação e cita que jogador que não recebe não joga.

23h26- Roma pergunta para Nabil. Ele fala que Nabil sempre defendeu a gestão de Odílio. “Você disse que pediu pra tirar a venda de jogadores próximo da eleição. Mas se o Conselho permitir pode sim”.

23h28- “Vocês querem trazer todo o prejuízo para nossa chapa”, diz Nabil

23h29- “O senhor quer confundir o sócio”, afirma Nabil.

23h30 – Nabil pergunta para Andres Rueda sobre o Comitê de Gestão. ” O que pretende mudar”. Rueda diz que as atas na administração Odílio sumiram. ” Os votos precisam ser divulgados. Impera o presidencialismo no clube. A sociedade mudou. Uma só pessoa não pode pensar tudo”.

23h32- Nabil fala que o Comitê de Gestão precisa ser transparente.

23h34- Rueda destaca que o estatuto precisa ser cumprido.

Sexto bloco: considerações finais dos candidatos

Modesto Roma

“Quero agradecer a imensa audiência. Lembrando que temos todas as atas. Precisamos mais três anos nesta gestão. Um Santos Gigante e que renovem essa confiança. Não podemos ter novas aventuras como anteriormente. Não adianta vir com falácias, porque temos responsabilidade. Não quero ver mais funcionário chorando, como vi, quando assumi.

Andres Rueda

“Não fosse pela minha presença pensariam que é uma reprise de 2014. Não muda nada. Cada três anos a dívida aumenta, não ganhamos nada. Ninguém falou do Sócio-Rei. Os sócios sabem o que o clube precisa. Ninguém executa nada. Quem pode mudar é você, sócio. Alguma coisa precisa ser feita”

José Carlos Peres

“Estou preparado para assumir o clube e unir todos. Nós propomos um Santos só. Não terei empresário de estimação. Base forte, clube unido. Jogando em São Paulo e Santos. Eu amo esse clube e sou o único que pode unir so grupos. O Santos precisa ter reputação. Um setor que cuide da sua imagem”.

Nabil Khaznadar

“Agradecer a todos. Entrem no nosso site e leiam os 12 princípios. Teremos um grupo de notáveis. Somos a única e verdadeira oposição. Vamos assumir o Pacaembu. Dois clássicos pagam o aluguel. Vamos tirar a dormência no clube. Compareça e não deixe de votar”.

Fim do debate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *