A atribuição de aulas na Rede Municipal de Ensino de Cubatão acontece de 1 a 4 fevereiro. O ano letivo começa no dia 6. Os professores saberão os locais e número de aulas que serão dadas. Pelo menos uma presença ilustre em frente aos alunos está garantida e isso pode resultar numa mistura explosiva fora das escolas.

Na química, existem as misturas homogêneas e as heterogêneas. As homogêneas apresentam aspecto uniforme que não nos permite a separação visual dos componentes. Um exemplo é a água e o álcool. A outra, a heterogênea, nos permite visualizar cada componente individual. Exemplo: mistura de água e óleo. É fácil perceber a presença de duas fases, pois a água se separa completamente, ou seja, não se mistura.

Depois de oito anos, a ex-prefeita Marcia Rosa volta às salas de aula onde já lecionou por 28 anos. Ela é bacharel em Química, com especialização em Petroquímica, professora de Matemática e Ciências, pós-graduada em Direito Educacional e Pedagogia com especialização em Administração Escolar. Ela tem ainda um mestrado  em Gestão  Pública pela Fundação Getúlio Vagas (FGV).

Marcia voltará a ter contato com as fórmulas, matéria, energia, processos, objeto, transformação etc. Porém, o que pode gerar uma combustão é o relacionamento político entre a ex-prefeita e o atual secretário de Educação Raul Christiano, inimigos históricos.

A Administração da petista foi alvo de críticas de Raul durante os dois mandatos. Principalmente, pelas paginas do Jornal O Povo de Cubatão, de propriedade do tucano. Mesmo fora da prefeitura, Marcia continua sendo alvo da publicação semanal.

Recentemente, a petista postou um longo texto numa rede social criticando ferozmente o secretário. Bateu forte, mas apagou logo em seguida. De qualquer jeito, o Raul leu o que foi escrito sobre ele.

Uma das definições de Química é ” a ciência que estuda a matéria, as suas transformações e a energia envolvida nesses processos”. O que se sabe  é  que nessa relação humana não existe química alguma. Água e óleo não se misturam. A conferir.