A Coluna “Nos Bastidores do Santos FC” volta a ser publicada após quase três anos. Neste espaço, vamos falar das eleições para a diretoria do Peixe, que acontecem em dezembro próximo.

Dúvidas

A Comissão Eleitoral já está definida e vai se reunir esse mês para começar a divulgar os detalhes da próxima eleição no Santos Futebol Clube. Somente os integrantes podem responder algumas dúvidas que circulam pela internet. Dentre elas estão:
1) Que dia será a eleição em dezembro ?
2) Haverá urnas em São Paulo, Capital?
3) Serão na sede da Federação Paulista?
4) Caso o associado queira votar em São Paulo, o que ele deve fazer para alterar o domicílio eleitoral ?
5)  Urnas Eletrônicas?

Em off

A Coluna apurou e tem condições de responder algumas dessas questões. Haverá urnas para votação na Capital, já que isso faz parte do Estatuto do clube, e o Peixe tem mais de 500 sócios por lá. Sim, existe uma possibilidade de ser na sede da Federação Paulista de Futebol. Lá existe espaço suficiente para acomodar os eleitores da Capital. Outra coisa. As eleições devem ocorrer na primeira quinzena de dezembro deste ano.

Um oficial

Até o momento, a próxima eleição tem oficialmente apenas um candidato declarado. É Modesto Roma que concorre à reeleição para o triênio 2018-2020.

Nas mídias sociais

Na internet, não oficialmente, despontam como prováveis candidatos: Odir Cunha, Vagner Lombardi, Orlando Rollo, José Carlos Peres, Walter Schalka, José Renato Quaresma e Andres Rueda.

Alianças

Apesar do grande número de concorrentes, oito, nem todo mundo vai fazer campanha pra si mesmo, pois algumas composições e alianças já estão sendo costuradas nos bastidores.

Barco novo

Pelo menos três dos sete pré-candidatos já estiveram presentes na Administração Modesto Roma. São eles José Carlos Peres, foi funcionário do clube, até pouco tempo atrás, e Andres Rueda e José Renato Quaresma, integraram o Comitê de Gestão do Santos FC.