ovelhasReprodução

Você sabe aquela manobra que sempre acontece em câmaras, assembleias ou no Congresso Nacional quando os políticos que têm mandato e assumem cargos no Executivo voltam para suas funções legislativas para votar em projetos de interesse de prefeitos, governadores ou presidente?

Bom, pelo menos na Câmara Municipal de Santos, a intenção é acabar com isso. O vereador Rui De Rosis apresentou um Projeto de Lei (PL) que proíbe que os vereadores que assumirem cargos no Executivo da Cidade possam voltar à Câmara apenas em votações que interessam ao prefeito municipal.

O PL está tramitando nas comissões, mas se chegar com parecer favorável dificilmente deve ser aprovado pelos vereadores.

Quem assume uma secretaria, normalmente, mantém os cargos que já possuía atuando como vereador e ganha a chance de ter outros tantos na nova função.

Os conhecedores das entranhas da política sabem que uma secretaria pode servir de base e apoio para uma reeleição. A conferir.